2022 será o ano do trabalho? Com menos feriados em dias úteis, comércio estima redução nas perdas em 22%

2022 será o ano do trabalho? Com menos feriados em dias úteis, comércio estima redução nas perdas em 22%


O calendário deu uma ajuda para o desempenho do comércio brasileiro em 2022. Com menos feriados nacionais previstos em dias úteis, o setor estima que as perdas serão menores no próximo ano.

Estudo da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) calcula que, em 2021, o comércio varejista sofreu prejuízo de R$ 22,11 bilhões com feriados; em 2022, a previsão é de que as perdas alcancem R$ 17,25 bilhões — cerca de 22% a menos.

O calendário brasileiro possui nove feriados nacionais. São eles: Dia da Confraternização Universal (1º de janeiro), Paixão de Cristo (Sexta-feira Santa), Tiradentes (21 de abril), Dia do Trabalhador (1º de maio), Independência do Brasil (7 de setembro), Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro), Dia de Finados (2 de novembro), Proclamação da República (15 de novembro) e Natal (25 de dezembro).

Neste ano, com exceção do Dia do Trabalhador e o Natal, que caíram no sábado, um dia de expediente reduzido para o varejo, as demais datas comemorativas foram celebradas em dias úteis, o que acabou impactando a rentabilidade do segmento.

Em 2022, as duas datas serão celebradas aos domingos; o Dia da Confraternização Universal cairá num sábado, o que reduzirá para sete o número de feriados em dias úteis.

Segundo a CNC, cada feriado em dia útil representa um prejuízo de R$ 2,46 bilhões ao varejo, uma redução de 1,29% na rentabilidade anual média do setor.

Considerando toda a cadeia produtiva, o impacto é de R$ 10,12 bilhões no PIB (Produto Interno Bruto), ou 0,12%. Para a CNC, os feriados de 2022 deverão impactar o excedente operacional do comércio em 9%.

Os setores com mais perdas previstas para 2022 por causa dos feriados são os segmentos de hiper e supermercados, com R$ 3,33 bilhões; de vestuário e calçados, com 2,83 bilhões; e o comércio automotivo, com R$ 2,63 bilhões.

Segundo a pesquisa da CNC, os três segmentos mais afetados são os que a relação entre folha de pagamento e faturamento se mostra mais elevada e, por causa disso, tendem a sofrer os maiores impactos.

“[Esses setores] concentram 55% das folhas de pagamento do comércio varejista brasileiro e respondem por mais da metade [51%] das perdas”, afirma a CNC.

Planeje sua folga

O ano de 2022 terá apenas um feriado nacional prolongado, a Paixão de Cristo, dia 15 de abril, que tradicionalmente cai em uma sexta-feira, podendo ser emendado com o fim de semana.

Isso sem considerar os feriados estaduais e municipais e festejos como o Carnaval, que é ponto facultativo (algumas cidades adotam como feriado) e vai de segunda a quarta-feira, dias 28 de fevereiro, 1º e 2 de março. Corpus Christi também é considerado ponto facultativo.

Na B3, o dia 25 de janeiro, aniversário de São Paulo, e o dia 9 de julho, da Revolução Constitucionalista, não entram no calendário de feriados e haverá negociações normalmente nesses dias. O calendário da instituição, contudo, poderá sofrer alterações ao longo do ano.

Veja a lista completa dos feriados e pontos facultativos de 2022 (inclui datas comemorativas em SP); confira se haverá ou não negociações na Bolsa de Valores:

DataDia da semanaFeriadoHaverá negociações na Bolsa de Valores?
01/01SábadoConfraternização universalNão
28/02Segunda-feiraCarnavalNão
01/03Terça-feiraCarnavalNão
02/03Quarta-feiraQuarta-feira de cinzasSim, a partir das 13h
15/04Sexta-feiraPaixão de CristoNão
21/04Quinta-feiraTiradentesNão
01/05DomingoDia Mundial do TrabalhoNão
16/06Quinta-feiraCorpus ChristiNão
09/07SábadoRevolução ConstitucionalistaNão
07/09Quarta-feiraIndependência do BrasilNão
12/10Quarta-feiraNossa Senhora AparecidaNão
28/10Sexta-feiraDia do servidor públicoSim, normalmente
02/11Quarta-feiraFinadosNão
15/11Terça-feiraProclamação da RepúblicaNão
25/12DomingoNatalNão
30/12Sexta-feiraNão haverá negociação na B3

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?