Ações europeias atingem mínima de 16 meses após aumentos de juros

Ações europeias atingem mínima de 16 meses após aumentos de juros


As ações europeias caíram para os níveis mais baixos em 16 meses nesta quinta-feira (16), depois que o aperto das políticas no Reino Unido e na Suíça alimentou novas preocupações sobre o impacto da inflação na economia global.

Já sob pressão na abertura após o grande aumento da taxa de juros do Federal Reserve dos Estados Unidos na quarta-feira, o benchmark STOXX 600 caiu ainda mais após o inesperado aumento da taxa do SNB. O índice caiu 2,5%, atingindo o nível mais baixo desde fevereiro de 2021.

O índice de ações suíço perdeu 2,9%, ficando atrás dos principais mercados regionais europeus, com pesos pesados ​​do setor bancário como UBS e Credit Suisse caindo 4,9% e 6%, respectivamente.

O blue-chip FTSE 100 do Reino Unido caiu 3,1% depois que o Banco da Inglaterra aumentou as taxas de juros em um quarto de ponto percentual, como o esperado, mas disse que estava pronto para agir “com força” para acabar com os perigos representados por uma taxa de inflação acima 11%.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?