AES e Itaú firmam acordo no segmento de energia renovável; JBS conclui compra na Austrália e mais destaques

Crise energética mostra fragilidade de era da energia limpa


O noticiário corporativo desta terça-feira (4) tem como destaque o acordo de investimento entre AES Brasil (AESB3) e Itaú (ITUB4) no segmento de energia renovável.

A Eneva (ENEV3) e a Focus (POWE3) convocaram assembleia de acionistas para deliberar sobre combinação de negócios.

Já a Tupy (TUPY3) informou o recebimento de R$ 78,7 milhões no âmbito de ação judicial movida contra a Eletrobras (ELET3;ELET6) que visa a recuperação de juros e correção sobre empréstimo compulsório.

Confira os destaques:

JBS (JBSS3)

A JBS comunicou que concluiu, nesta terça-feira (4), a aquisição da Rivalea, líder na criação e processamento de suínos na Austrália.

Segundo comunicado, a operação fortalece a posição da JBS na Austrália, assumindo a liderança no processamento de suínos no país e adiciona marcas importantes ao portfólio, além de fortalecer a plataforma de exportação da companhia.

Eneva ([ativo=ENEV3]) e Focus (POWE3)

Os Conselhos de  Administração das companhias aprovaram ontem (3) a combinação dos negócios entre Eneva e Focus Energia, com a unificação de suas respectivas bases acionárias. Além disso, convocaram assembleias de acionistas para deliberar sobre a operação.

As AGEs serão realizadas no dia 4 de fevereiro de 2022, às 11 horas.

AES Brasil (AESB3) e Itaú (ITUB4)

A AES Brasil (AESB3) celebrou com o Itaú Unibanco um acordo de investimento, por meio do qual o Itaú subscreverá novas ações preferenciais a serem emitidas no contexto de um aumento de capital a ser realizado pela Guaimbê Solar Holding.

Para isso, o banco aportará R$ 360 milhões na Guaimbê Holding, sociedade controlada pela AES e holding de projetos do Grupo AES Brasil de geração de energia eólica e solar atualmente em operação.

Com a subscrição das novas ações preferenciais emitidas no aumento de capital, o Itaú aumentará a sua participação como acionista da Guaimbê Holding, passando a deter participação de 23,72% de seu capital social.

Tupy (TUPY3) e Eletrobras (ELET3;ELET6) 

A Tupy (TUPY3) informou que, em 30 de dezembro de 2021, no âmbito de ação judicial movida contra a Eletrobras (ELET3;ELET6) que visa a recuperação de juros e correção sobre empréstimo compulsório, recebeu depósito em conta no montante de R$ 78,7 milhões por determinação da 6ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Joinville/SC.

Itaú BBA avalia como positivo para a Tupy o recebimento do depósito. O banco mantém avaliação outperform para Tupy, e preço-alvo de R$ 27.

Unifique (FIQE3) 

A Unifique Telecomunicações adquiriu o provedor de internet via fibra óptica Mosaico Telecom por R$ 14,424 milhões.

O preço total de aquisição está sujeito, ainda, a determinados ajustes decorrentes da transferência de aproximadamente 5.800 clientes, ativos envolvidos na transação e obrigações de indenização assumidas.

Dasa (DASA3) 

A Dasa (DASA3) concluiu a aquisição da sociedade proprietária da clínica oncológica AMO pelo valor atualizado de R$ 760 milhões.

A transação foi anunciada em 30 de junho.

Compass 

A Compass anunciou que foi concluída a aquisição de 51% do capital social da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás), com a consequente assunção do controle da concessionária.

Vivara (VIVA3) 

A Vivara (VIVA3) obteve extensão de benefício fiscal no Amazonas até 2032. O governo do estado sancionou que os incentivos seguirão até 31 de dezembro de 2032.

Dessa forma, a companhia acredita que  as  alterações trazidas pela Lei 5.750 têm potencial de fomentar seu crescimento, com impacto positivo nos resultados nos próximos anos.

Energisa (ENGI11)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) publicou no Diário Oficial da União nesta segunda-feira a aprovação da aquisição do controle da Geogroup Paranaíta Transmissora de Energia  pela Energisa.

Desktop (DESK3) 

A Desktop (DESK3) concluiu a aquisição de 100% da Infolog TI através de sua controlada Netion Soluções.

Eletromidia (ELMD3) 

A Eletromidia (ELMD3) concluiu aquisição de 95% da MOOHB CPS Concessionária de Mobiliário Urbano SPE.

A aquisição traz para o ecossistema da Eletromidia um contrato com altas margens e com perfil de longo prazo que vai até 2038. 

A MOOHB possui atualmente mais de 600 faces publicitárias, e uma instalação estimada de 160 painéis digitais ao longo dos próximos dois anos.

Nubank (NUBR33)

O Nubank informou que concluiu a aquisição de 100% do capital social da Olivia AI, Inc. e, indiretamente, da Olivia AI do Brasil Instituição de Pagamento Ltda

Em comunicado, o Grupo Nubank diz que pretende integrar a plataforma e os serviços prestados pela Olivia aos do Nubank, além das capacidades estratégicas em ciência de dados e de um time altamente especializado em inteligência artificial.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui!

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?