Ao Vivo – Bolsa em Tempo Real

Ao Vivo – Bolsa em Tempo Real


8h25 – Minério recua à espera de dados sobre aço e economia chinesa

Em QingDao, preço da tonelada caiu 2,01%, a US$ 111,90. Em Dalian, baixa foi de 0,61%, a 650.500 iuantes, ou US$ 102,25.


8h02 – Ata do Copom reitera alta de 150 pontos-base em próxima reunião e vê cenário mais desafiador

O documento com detalhes da reunião sobre a decisão da elevação da taxa Selic da última semana apontou que as autoridades veem um cenário mais desafiador tanto no âmbito interno quanto no externo.

No Brasil, a atividade econômica frustrou no terceiro trimestre e deve desacelerar em 2022, com o aperto mais intenso das condições financeiras. Lá fora, o aceno de alta de juros de vários bancos centrais importantes pode dificultar as condições para os emergentes, com Ômicron e a situação das construtoras chinesas também fazendo peso.


7h56 – Credit Suisse vê dados operacionais da negociação de ações e de derivativos na B3 (B3SA3) em novembro frustram

O banco, porém, pontua que a velocidade de giro permanece resiliente e que continua confortável ​​com a premissa de que esse índice ficará em de 170% para o quarto trimestre de 2021 e em 155% para 2022, apesar de existir algum risco de queda nas receitas de derivativos.

O CS mantém avaliação outperform para ações da B3, com preço-alvo em R$ 16,00, frente à cotação de segunda-feira (13) de R$ 12,26.


7h55 – Agenda do dia: crescimento do setor brasileiro de serviços de outubro, inflação ao produtor americana e mais

A agenda desta terça-feira tem como destaque, na frente de dados macroeconômicos, a divulgação da variação do setor de serviços brasileiro, feita pelo IBGE às 9h, e a publicação, pelos EUA, de sua inflação ao produtor em novembro, às 10h30. No fim do dia, a China divulga números da sua produção industrial, do seu varejo e do seu mercado de trabalho.

Na política, é dia de ata do Copom, publicada às 8h, e de palestra do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, às 10h30.


7h47 – Radar Cripto: Criptomoedas perdem US$ 182 bilhões com ameaça a ativos de risco e mais assuntos que movimentam o mercado


7h45 – Europa opera mista, com Ômicron e taxas de juros

Os principais índices europeus não têm direção exata no início desta manhã. A semana também é de decisão de taxas de juros no Velho Continente, com Banco da Inglaterra e o Banco Central Europeu definindo suas políticas monetárias.

Além disso, o mercado monitora também o avanço da Ômicron na região.

Confira o desempenho dos mercados europeus

  • FTSE 100 (Reino Unido), + 0,35%
  • DAX (Alemanha), – 0,03%
  • CAC 40 (França), + 0,05%
  • FTSE MIB (Itália), + 0,29%
  • STOXXX 600 (Zona do Euro), + 0,01%

7h37 – Ásia fecha em queda, com investidores de olho em decisões de bancos centrais

Não é só o Federal Reserve que decide suas novas taxas de juros nesta semana. O Banco do Japão, por exemplo, também é uma das instituições que irão definir suas novas políticas monetárias: e a economia do país vem se mostrando aquecida.

O Japão divulgou, na madrugada de hoje, que sua produção industrial em outubro cresceu 1,8% em outubro, muito mais do que os 1,1% do consenso. O país, que é marcado por uma média de taxas de juros baixa, vem sofrendo com a inflação, que foi recorde em novembro.

Além disso, foi destaque negativo também a performance do HSI, de Hong Kong, que voltou a sofrer com a intervenção chinesa nas companhias de tecnologia. A Weibo fechou em queda de mais de 9%.

Veja o fechamento dos mercados asiáticos:

  • Nikkei (Japão), – 0,73% (fechado)
  • Shanghai SE (China), – 0,53% (fechado)
  • Hang Seng Index (Hong Kong), – 1,33% (fechado)
  • Kospi (Coreia do Sul), – 0,46% (fechado)

7h23 – Futuros americanos recuam, com investidores de olho em inflação e em reunião do Federal Reserve

Investidores aguardam posição do banco central americano, que define amanhã sua nova política monetária, quanto às novas medidas para a economia – recentemente, diretores e o próprio presidente da instituição Jerome Powell vêm sinalizando a adoção de um tom mais hawkish. 

  • Confira o desempenho: 
    • Dow Jones Futuro (EUA), – 0,17%
    • S&P 500 Futuro (EUA), – 0,33%
    • Nasdaq Futuro (EUA), – 0,66%

Analista da Rico Corretora ensina ferramentas práticas a extrair lucro do mercado financeiro de forma consistente. Inscreva-se Grátis.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?