Aposta em juros altos no Brasil e nos EUA derruba Ibovespa

Meio de pregão

A expectativa de que os juros permanecerão altos no Brasil e nos Estados Unidos ganha fôlego hoje e provoca queda no Ibovespa nesta quarta-feira (29). Por lá, os investidores lidam com a ausência de indicadores capazes de alterar a percepção de demora no corte de juros. Por aqui, a perspectiva de que a política monetária precisará ser restritiva vem principalmente de dados positivos sobre o mercado de trabalho.

A taxa de desemprego do trimestre até abril ficou abaixo do piso das estimativas, enquanto a criação de vagas do mês passado superou o teto das projeções – o que deixou investidores receosos com a possibilidade de uma inflação mais resistente. Além disso, a cautela pré-feriado no Brasil também reforça a queda do principal indicador da B3.

No cenário corporativo, as ações da Sabesp [SBSP3] sobem, ainda refletindo o anúncio de que a empresa e a Regional de Serviços de Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário assinaram o contrato de concessão válido após conclusão da desestatização da companhia.

Para o Citi, este foi mais um passo positivo para a empresa e para os especialistas que buscam calcular qual será o valor justo da Sabesp quando a privatização for finalizada.

Por outro lado, os papéis da Yduqs [YDUQ3] registram queda, após o Citi rebaixar sua recomendação de compra para neutra e atribuir preço-alvo de R$ 14,00.

No setor bancário, os ativos do Santander [SANB11], Bradesco [BBDC4], Itaú [ITUB4] e BTG [BPAC11] operam em queda, impactados pelo cenário de aversão a risco, que vem principalmente do exterior.

Além disso, o Nubank [ROXO34] ultrapassou o Itaú como a instituição financeira mais valiosa da América Latina. As ações do Nubank fecharam em alta de 3,8% ontem, o que aumentou seu valor de mercado para US$ 58,2 bilhões, enquanto o Itaú valia US$ 56 bilhões no fechamento, segundo cálculo feito com base nos ADRs.

Ao mesmo tempo, os papéis da CCR [CCRO3] descem. A companhia concluiu a venda de sua participação na Samm para a Megatelecom Telecomunicações por R$ 100 milhões, segundo fato relevante. O valor está sujeito a eventuais ajustes.

Os ativos da Cosan [CSAN3] também recuam. Segundo a XP, os resultados para o 1T24, divulgados ontem, não trouxeram grandes surpresas, dado que a maioria das subsidiárias da companhia já havia publicado seus resultados.

No setor de pagamento, as ações da Cielo [CIEL3] registram queda, após o UBS rebaixar sua recomendação de compra para neutra e atribuir preço-alvo de R$ 5,75.

Dentro e fora do Ibovespa, os papéis das varejistas Lojas Renner [LREN3] e C&A [CEAB3] operam em alta, após o governo determinar uma taxação de 20% de imposto de importação sobre as compras internacionais de até US$ 50. Para o Bradesco BBI, a notícia é positiva para os players, e deve trazer algum alívio competitivo para os operadores nacionais.

Já no setor das áreas, os ativos da Azul [AZUL4] e da Gol [GOLL4] registram baixa. A Gol confirmou que seu controlador Grupo Abra iniciou discussões com a Azul para explorar oportunidades. A aérea acrescentou que eventual acordo não seria vinculante para a empresa.

Fora do índice, as ações do Grupo Mateus [GMAT3] avançam, com investidores reagindo positivamente à assinatura de um memorando de entendimentos não vinculante com o Novo Atacarejo, que visa combinação de negócios.

🇧🇷 Ibovespa -0,59% (123.049 pontos)

💵 Dólar +1,01% (R$ 5,20)

Commodities

Os contratos futuros do petróleo operam em baixa, enquanto operadores esperam que a Opep+ estenda os atuais cortes na produção da commodity, em reunião no domingo (02), e que o consumo de combustíveis nos EUA aumente com o início da temporada de uso mais intenso de veículos.

Na bolsa de Cingapura, o minério de ferro de referência de junho avançou mais de 0,6%.

🛢 Brent/Ago -0,73% (US$ 83,33)

🛢 WTI/Julho -0,76% (US$ 79,22)

🇸🇬 Minério de ferro +0,65% (US$ 117,90)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?