Baixa liquidez compromete Ibovespa; dados da inflação nos EUA e flexibilização na China influenciam

bolsa1

O Ibovespa opera em baixa na sessão desta segunda-feira (05). O índice renovou mínima intradiária com 1,33% de baixa, aos 110.431 pontos. A queda é determinada principalmente por dúvidas do ambiente interno, embora o humor no mercado internacional também tenha contribuição negativa.

Além disso, a sessão deve ter liquidez comprometida por conta do jogo do Brasil contra a Coreia do Sul, às 16h, pelas oitavas de final da Copa do Mundo do Catar.

No cenário local, as discussões sobre a PEC de Transição voltaram a ser pauta no início desta semana. O Senado incluiu a votação da proposta no plenário da próxima quarta-feira (07), segundo mensagem divulgada pela presidência da Casa aos senadores. 

Na mesma quarta-feira, o Copom define taxa Selic que influencia as próximas taxas de juros no país e a incerteza em torno das contas públicas já indica que parte dos agentes financeiros colocam em dúvida que um ciclo de afrouxamento monetário terá início no próximo ano.

Enquanto isso, outra parcela do mercado adota um viés de alta para a taxa básica de juros em 2023. 

No exterior, as flexibilizações da política de Covid-zero na China e dados de inflação nos EUA são foco principal dos investidores, que também ficam em compasso de espera pelas decisões de bancos centrais na semana que vem. 

Na ponta positiva, a Marfrig [MRFG3] lidera as altas do Ibovespa e das ações de frigoríficos, subindo 3,83%. Ativos ligados ao minério de ferro também apresentam resultados positivos: Vale [VALE3] avança 1,35%, e CSN [CSNA3], 1,79%.  

Entre as maiores baixas, Positivo [POSI3] cai 8,08%, EzTec [EZTC3], 6,25% e Americanas [AMER3], 6,20% caem.  

O dólar sobe no mercado local, cotado a R$ 5,23, após acumular perdas na semana passada. A moeda reage ao otimismo em relação à possível redução de prazo e de valor extrateto de gastos na PEC da Transição. O mercado de câmbio retoma o fôlego das últimas perdas em um movimento de proteção, à espera de anúncios definitivos sobre o cenário político local. A votação da PEC e a possibilidade de ter o ex-ministro Fernanda Haddad como futuro ministro da Fazenda também pesam. 

🇧🇷 Ibovespa -1,27% (110.499 pontos)

💵 Dólar +0,35% (R$ 5,23)

Cotações registradas às 12h20

Commodities

O petróleo opera em alta na sessão desta segunda-feira (05). O movimento ocorre em meio ao progresso no processo de afrouxamento das restrições na China. Além disso, a decisão da Opep+, de manter a produção nos níveis atuais é, também, um dos fatores que  impulsiona a commodity. 

O minério de ferro avançou cerca de 2%, cotado a US$ 108,75 a tonelada.  

🛢 Brent +1,23% (US$ 86,54)

🛢 WTI +1,24% (US$ 80,97)

🇨🇳 Minério de ferro +2,0% (US$ 108,75)

Cotações registradas às 12h20; minério de ferro referente a Cingapura

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?