BCE e Fed reforçam compromisso com combate à inflação; IPCA de agosto deve apresentar nova deflação

Klaas Knot, membro do Conselho do BCE
23/09/2019
REUTERS/Eva Plevier


As bolsas da Europa operam em firme alta nesta sexta-feira (09), apoiadas sobretudo por ações do setor financeiro, um dia após o Banco Central Europeu (BCE) subir juros em 0,75 p.p. Os futuros de Nova York também registram ganhos e colocam Wall Street a caminho de reverter a sequência de perdas das últimas semanas. 

No dia seguinte à decisão do BCE, o dirigente Klas Knot afirmou que a autoridade monetária pretende continuar subindo juros até que a inflação na Zona do Euro convirja de volta à meta de 2%. Também integrante do Conselho da instituição, Peter Kazimir ressaltou que o ajuste mais agressivo nos juros foi “correto e inevitável”.

A postura do BCE está em linha com o movimento observado na maior parte das economias desenvolvidas. Ontem, o presidente do Federal Reserve (Fed), Jerome Powell, reforçou o compromisso com o combate à inflação. “Nós precisamos agir agora com firmeza, fortemente como temos feito e nós precisamos manter esse trabalho até que ele esteja concluído”, disse.

O comissário da União Europeia para economia, Paolo Gentiloni, afirmou que uma recessão no bloco “não é inevitável”, mas que os riscos “claramente” aumentaram nos últimos meses.

Em coletiva de imprensa após reunião do Eurogrupo, que reúne os ministros das Finanças da Zona do Euro, Gentiloni comentou que os indicadores econômicos apontam para uma desaceleração. Segundo ele, o movimento reflete a escalada dos preços de energia, na esteira da guerra russo-ucraniana.

Ministros de energia da União Europeia (UE) estão discutindo propostas de intervenções nos mercados energéticos para conter a disparada dos preços. As medidas em debate incluem um teto à receita obtida por produtores de eletricidade.

As maiores preocupações com as cadeias de abastecimento, de energia e segurança alimentar na esteira dos impactos causados pela pandemia de Covid-19 e a guerra na Ucrânia vão gerar uma demanda adicional de bilhões e bilhões de dólares em seguros nos próximos anos. A expectativa é de que essa cifra ultrapasse os US$ 300 bilhões no mundo, de acordo com o estudo ‘Sigma’, da suíça Swiss Re.

A agenda do dia conta com discurso de três dirigentes do Federal Reserve (Fed). Às 11h, Charles Evans, presidente do Fed de Chicago, abre uma conferência organizada pela instituição. Às 13h, a presidente do Fed de Kansas City, Esther George, participa de evento do Peterson Institute. Enquanto isso, no mesmo horário, o diretor do Fed, Christopher Waller fala no Workshop Vienna Macroeconomics.

As bolsas da Ásia fecharam em alta generalizada, após dados mostrarem que os preços ao consumidor e ao produtor da China subiram abaixo do esperado em agosto, alimentando esperanças de mais estímulos de Pequim à economia local. A desvalorização do dólar também impactou positivamente as praças asiáticas.

Por aqui, a agenda traz a divulgação do IPCA de agosto, que deve apresentar nova deflação em 0,40%, mas aceleração da média dos núcleos em 0,54%, segundo o Projeções Broadcast, o que explicaria a recente mensagem hawkish de Campos Neto e diretores do Banco Central. Além disso, a Anfavea publica também o balanço do mesmo mês para a produção e as vendas de veículos. 

Entre os presidenciáveis, a campanha volta a se intensificar nos estados. Na tentativa de impulsionar seus aliados nesta reta final, Jair Bolsonaro (PL), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Ciro Gomes (PDT) realizam viagens.

Bolsonaro visita o Tocantins, onde tem agenda conjunta com Ronaldo Dimas (PL) candidato a governo no estado. Lula vai ao Rio de Janeiro, na tentativa de fortalecer o nome de Marcelo Freixo (PSB) para o Executivo. Ciro Gomes (PDT) vai ao Paraná e cumpre agenda com seus correligionários, a candidata ao Senado Desiree Salgado, e o candidato ao governo do estado, Ricardo Gomyde.

Desempenho dos principais índices às 7h45:

🇺🇸 S&P Futures +0,94%

🇩🇪 DAX +1,46%

🇺🇸 Nasdaq +1,23%

🇬🇧 FTSE +1,68%

🇫🇷 CAC +1,70%

🛢 Petróleo Brent +1,88%

🛢 Petróleo WTI +1,84%

💵 Índice Dólar -1,08%

🇺🇸 S&P VIX -2.84%

🇧🇷 EWZ +1,64%

💰 Bitcoin +9,42%

💲 Ethereum +4,31%

 

 

(Com Agência Estado)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?