BoE anuncia fim da compra de Gilts; B3 permanece fechada por conta do feriado

A partir das cartas de gestores e de pesquisa interna da XP Investimentos, o TradeNews teve acesso às perspectivas das principais gestoras de fundos do Brasil para o cenário político-fiscal do país do próximo ano

As bolsas da Europa operam sem direção única nesta quarta-feira (12), digerindo a projeção de deterioração da economia europeia e mundial pelo Fundo Monetário Internacional (FMI). Também pesa a decisão do Banco da Inglaterra (BoE) em não prolongar o programa de compra de títulos. 

Os futuros de Nova York, em contrapartida, registram alta majoritariamente.

O BoE anunciou ontem que a compra de Gilts terminará na próxima sexta-feira (14). O CMC Markets considerou “particularmente desconcertante” o tom usado pelo presidente da autoridade monetária, Andrew Bailey, posto que alguns fundos sugeriram precisarem de mais tempo para estabilizar suas carteiras.

Quanto aos indicadores econômicos, a produção industrial na Zona do Euro subiu 1,5% em agosto na comparação com o mês anterior. Economistas consultados pelo Wall Street Journal esperavam alta de 0,5% no período. Na base anual, o aumento foi de 2,5%.

No Reino Unido, a produção industrial caiu 1,8% em agosto ante julho. O resultado ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam estabilidade no período. Na comparação anual, a produção geral da indústria britânica teve queda de 5,2%.

Fica no radar o índice de preços ao produtor (PPI) dos EUA, a ser divulgado às 9h30, assim como discursos de líderes como a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, e o presidente do Banco Mundial, David Malpass.

Hoje, o relatório da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) trouxe um corte da previsão para demanda global por petróleo em 2022, para 2,6 milhões de bpd. O grupo revisou para baixo a projeção para avanço do PIB global, para 2,7% em 2022 e 2,5% em 2023.

Nesta semana, o Fundo Monetário Internacional (FMI) piorou suas projeções para a economia mundial em 2023 e passou a prever recessão na Alemanha e na Itália, além da Rússia. O organismo estima que o PIB global cresça 2,7% no próximo ano, de acordo com relatório publicado ontem, em paralelo às reuniões anuais, que acontecem em Washington. A estimativa anterior era de avanço de 2,9%. Para 2022, o Fundo manteve projeção de crescimento de 3,2%.

O pior para a economia mundial ainda está por vir, alertou o FMI. “Mais de um terço da economia global vai se contrair em 2023, enquanto as três maiores economias (Estados Unidos, União Europeia e China) vão continuar estagnadas”, afirmou, acrescentando que, “para muitas pessoas, 2023 parecerá uma recessão”.

As bolsas da Ásia fecharam sem direção única, de olho nas perspectivas de deterioração da economia global. Nas praças asiáticas, entretanto, a decisão de política monetária da Coreia do Sul influenciou positivamente as negociações.

O Banco Central da Coreia do Sul (BoK) elevou a taxa básica de juros em 0,5 p.p., a 3%. A última alta dos juros havia sido de 0,25 p.p. no país.

Por aqui, não haverá negociação na B3, por conta do feriado de Nossa Senhora Aparecida. Ontem, o Ibovespa se manteve atrelado ao humor do mercado externo, após o IPCA de setembro apresentar deflação aquém do esperado.

Desempenho dos principais índices às 10h:

🇺🇸 S&P Futures +0,31%

🇩🇪 DAX -0,39%

🇺🇸 Nasdaq +0,37%

🇬🇧 FTSE -0,62%

🇫🇷 CAC -0,59%

🛢 Petróleo Brent -0,56%

🛢 Petróleo WTI -0,71%

💵 Índice Dólar +0,05%

🇺🇸 S&P VIX +0,56%

🇧🇷 EWZ -0,16%

💰 Bitcoin -0,39%

💲 Ethereum +1,34%



(Com Agência Estado)

 

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?