Bolsas americanas fecham em queda, ainda de olho em declarações de dirigentes do Fed

ben-mater-lA-wfuq-7CQ-unsplash

As principais bolsas de Nova York fecharam em queda nesta quinta-feira (17), monitorando declarações de dirigentes do Fed à procura de sinais que possam indicar os “próximos passos” da instituição em relação ao aperto monetário. O tom considerado hawkish motiva uma maior cautela no mercado, tendo em vista o risco de uma desaceleração econômica no país.

O presidente do Fed de St. Louis, James Bullard, disse hoje que as taxas de juros o banco central americano devem ser elevadas para o patamar entre 5% e 5,25%, reforçando o compromisso da instituição com o combate à inflação. As declarações reduzem o “entusiasmo” dos investidores com uma desaceleração na alta dos juros ou mesmo um corte no futuro próximo.

▪️ Dow Jones -0,02%
▪️ S&P500 -0,30%
▪️ Nasdaq -0,35%

A Nvidia recuou 1,46%, após reportar lucro líquido de US$ 680 milhões no 3T22. Apesar dos números terem sido considerados “mistos”, a companhia mostrou resiliência no segmento de servidores.

Entre outros papéis relevantes, A Amazon recuou 2,34%, enquanto a Meta teve queda de 1,57%.

Apesar da forte queda do petróleo hoje, ExxonMobil e Chevron tiveram ganhos de 0,13% e 0,28%, respectivamente.

(Com Agência Estado e The Wall Street Journal)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?