Bolsas americanas fecham em queda após divulgação de payroll de agosto

ben-mater-lA-wfuq-7CQ-unsplash

As principais bolsas de Nova York fecharam em queda nesta sexta-feira, com investidores repercutindo os dados referentes ao payroll de agosto. Apesar do aumento na taxa de desemprego, os números indicaram um mercado de trabalho ainda aquecido, o que limitou o otimismo em relação a uma possível suavização da postura do Fed em relação ao aperto monetário.

De acordo com monitoramento realizado pelo CME Group, a probabilidade de uma alta de 0,75 ponto percentual na taxa básica de juros pelo banco central americano em setembro recuou de 75% para 56%, enquanto a de uma elevação de 0,50 pontos base aumentou de 25% para 44%.

▪️ Dow Jones -1,07%
▪️ S&P500 -1,07%
▪️ Nasdaq -1,31%

Companhias do setor energético registraram alta, caso da Chevron, com 1,49%, e da ExxonMobil, com 1,83%. O movimento foi impulsionado pela alta do petróleo no mercado internacional.

Entre as maiores quedas, destaque para companhias de comunicação, como a Alphabet e a Meta, que recuaram 1,72% e 3,05%, respectivamente. A Tesla também teve desempenho negativo, com os papéis da montadora caindo 2,51%, enquanto a Apple recuou 1,36%. A Netflix caiu 1,71%, enquanto a Amazon teve recuo mais leve, de 0,24%.

(Com Agência Estado, The Wall Street Journal e BDM Online)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?