Bolsas americanas fecham em queda, em meio a cautela e expectativa por Fed

ben-mater-lA-wfuq-7CQ-unsplash

As principais bolsas de Nova York fecharam em queda nesta quinta-feira (15), ainda em um cenário de apreensão por conta da provável continuidade de um aperto monetário mais agressivo por parte do Fed. A expectativa do mercado é de uma alta de 0,75 ponto percentual nos juros na reunião da semana que vem.

Dados econômicos “mistos” divulgados hoje colaboraram para o mau-humor dos investidores e do mercado. A queda nos pedidos de auxílio-desemprego reforça que o mercado de trabalho permanece forte, mais um fator que reforça a necessidade da manutenção de uma postura _hawkish_ pela autoridade monetária para combater a inflação, apesar dos riscos de uma desaceleração econômica. Os números das vendas no varejo vieram acima das expectativas e também renovaram as apostas de uma alta mais forte nos juros na semana que vem.

▪️ Dow Jones -0,56%
▪️ S&P500 -1,13%
▪️ Nasdaq -1,43%

Entre os destaques de hoje, a Adobe recuou 17% após anunciar a compra de uma plataforma online de design de aplicativos, a Figma, por US$ 20 bilhões em operação que envolve ações da companhia.

O setor de energia também recuou, na esteira da queda do petróleo, motivada por preocupações com a demanda global pela commodity. A ExxonMobil e a Chevron recuaram 2,94% e 1,61%, respectivamente.

Entre outros papéis destacáveis, Apple, Amazon e Alphabet recuaram 1,89%, 1,77% e 1,99%, enquanto a Tesla avançou 0,38%.

(Com Agência Estado e BDM Online)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?