Bolsas americanas fecham em queda, em meio a expectativas por aperto monetário

ben-mater-lA-wfuq-7CQ-unsplash

As principais bolsas de Nova York fecharam em queda nesta segunda-feira (29), estendendo as perdas da última sexta-feira, em meio à expectativa pela manutenção de altas de juros mais agressivas por parte do Fed e de olho na divulgação do payroll no final desta semana.

As declarações do presidente da instituição, Jerome Powell, no simpósio de Jackson Hole, sinalizaram que o banco central americano continuará o aperto monetário até que as taxas de inflação estejam na meta estipulada. Essa postura mais hawkish do Fed tende a pressionar o mercado acionário e ativos de risco de um modo geral. Além da apreensão em relação à provável alta de 0,75 ponto percentual na reunião de setembro, o mercado segue preocupado em relação à duração desse aperto, de acordo com o co-fundador da DataTrek, Nicholas Colas.

▪️ Dow Jones -0,57%
▪️ S&P500 -0,66%
▪️ Nasdaq -1,02%

Do lado positivo, destaque para o setor de energia, com os ganhos puxados pela forte alta do petróleo no mercado internacional. A Chevron subiu 0,75%, enquanto ExxonMobil avançou 2,30%.

Já o setor de tecnologia foi fortemente pressionado, por conta de serem ativos mais atrelados ao risco de modo geral: A Apple caiu 1,37%, enquanto a Intel, a Meta e a Microsoft recuaram 1,26%, 1,61% e 1,07%, respectivamente. Amazon e Alphabet caíram 0,73% e 0,83%, enquanto a Tesla recuou 1,14%.

(Com Agência Estado, The Wall Street Journal e BDM Online)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?