Bolsas americanas fecham mistas, com cenário de aversão ao risco e aperto monetário no radar

ben-mater-lA-wfuq-7CQ-unsplash

As principais bolsas de Nova York fecharam sem direção única nesta terça-feira (11), após pregão volátil. Investidores seguem avaliando qual será o impacto de taxas de juros mais altas nos mercados acionários, em meio à persistência dos altos níveis de inflação nos Estados Unidos apesar das ofensivas do Fed. O cenário é de cautela, motivada pela crença de que o aperto monetário pode levar a economia do país a uma recessão.

De acordo com Justin Wiggs, da Stifel Nicolaus, a questão não é “se” terá uma recessão, e sim “quando” e em qual intensidade. O mercado também aguarda a primeira leva de resultados trimestrais de grandes companhias, na expectativa de que os desempenhos devem expor as dificuldades enfrentadas pelas empresas em meio à queda da demanda.

Já no fim da tarde, a declaração do presidente do Banco da Inglaterra (BoE) em relação à intervenção recente no mercado de bônus (Gilts) intensificou o cenário de aversão ao risco. Segundo ele, o foco da ação foi garantir a estabilidade financeira, em meio a um quadro de alta volatilidade nos mercados britânicos, mas esta terá a sexta-feira como prazo final.

▪️ Dow Jones +0,12%
▪️ S&P500 -0,66%
▪️ Nasdaq -1,10%

O setor bancário recuou, com JPMorgan, Citi e Bank of America fechando em queda de 2,75%, 2,69% e 3,07%, respectivamente. Os dois primeiros divulgam seus resultados referentes ao 3T22 na próxima sexta-feira (14).

O setor de tecnologia foi afetado pela aversão ao risco e também registrou desempenho negativo, com Intel caindo 0,67%, enquanto Nvidia e Microsoft recuaram 0,75% e 1,71%, respectivamente.

A Meta fechou em queda de 3,94%. Hoje, o Serviço Federal de Monitoramento Financeiro da Rússia adicionou a empresa à lista de organizações envolvidas em atos de terrorismo e extremismo. O funcionamento da plataforma é banido no país.

(Com Agência Estado, The Wall Street Journal e Financial Times)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?