Bolsas americanas fecham mistas, em meio a declarações de dirigentes do Fed e novos indicadores econômicos

ben-mater-lA-wfuq-7CQ-unsplash

As principais bolsas de Nova York fecharam sem sinal único nesta terça-feira (27), em meio a novas declarações de dirigentes do Fed e à divulgação de novos indicadores da economia americana, que apontam para um mercado ainda aquecido. Tanto a venda de novas moradias quanto a confiança do consumidor avançaram acima do esperado por especialistas, podendo motivar a manutenção da postura hawkish pelo banco central do país no futuro.

Por conta da incerteza em relação aos juros, investidores mantém a cautela que motiva o panorama de aversão ao risco nos mercados. O índice VIX, principal medidor do “medo” dos investidores de Wall Street, fechou em seu valor mais alto desde junho, enquanto o S&P 500 teve seu menor fechamento do ano pelo segundo dia consecutivo.

▪️ Dow Jones -0,42%
▪️ S&P500 -0,20%
▪️ Nasdaq +0,25%

O setor de energia avançou hoje, na esteira dos ganhos do petróleo no mercado internacional, com ExxonMobil subindo 2,10% e Chesapeake Energy, 0,88%. Ainda assim, a Chevron teve alta de apenas 0,04%, ainda pressionada pela interrupção de parte da sua produção no Golfo do México por conta do furacão Ian.

O setor financeiro recuou, com JP Morgan, Citi e Goldman Sachs caindo 0,88%, 0,93% e 1,10%, respectivamente.

(Com Agência Estado, The Wall Street Journal e BDM Online)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?