Bolsas americanas fecham sem direção única; cortes do Fed ainda são incertos

nyse-3995916_1280

As principais bolsas de Nova York fecharam sem sinal único nesta segunda-feira (1º). As leituras de alguns dados econômicos levaram investidores a repensarem suas apostas nos cortes de juros do Federal Reserve neste ano.

Nesta sessão, o S&P 500, que teve seu melhor primeiro trimestre desde 2019, inverteu seu movimento depois que o relatório do Institute for Supply Management sugeriu que a atividade manufatureira expandiu no país no último mês. O Nasdaq, contudo, conseguiu se manter no verde com apoio das big techs.

Wall Street teme que a divulgação de dados fortes possa diminuir a magnitude dos cortes nos juros do Federal Reserve. Esse instrumento da política monetária pode ser visto como um freio na desaceleração econômica do país, já que quando mais baixa for a taxa básica, maior será o consumo.

Vistos como porto seguro, o ouro e os títulos públicos se destacaram na sessão. O metal renovou seu recorde histórico, enquanto os Treasuries de 10 anos ficaram em 4,329%.

Ainda nesta semana, serão divulgados relatórios importantes para a economia americana.

▪️ Dow Jones -0,60%
▪️ S&P 500 ­­­-0,20%
▪️ Nasdaq +0,11%

(Com The Wall Street Journal)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?