Bolsas americanas reagem e fecham em alta firme, de olho em balanços corporativos e Fed

ben-mater-lA-wfuq-7CQ-unsplash

As principais bolsas de Nova York fecharam em alta robusta nesta sexta-feira (28), ainda reagindo à temporada de balanços corporativos no país. Além disso, o mercado segue monitorando sinais de inflação que possam dar pistas da decisão do Fed da semana que vem, à medida que uma possível suavização do ritmo do aperto monetário tem animado investidores.

O Nasdaq reagiu, após quedas expressivas nos últimos dias, puxado pelos bons números da Apple referentes ao seu quarto trimestre fiscal de 2022. Os papéis da companhia avançaram 7,56%. Para o analista Edward Moya, da Oanda, o rali considerado surpreendente dos papéis do setor de tecnologia indica que o “banho de sangue” causado pelos ativos “acabou”.

▪️ Dow Jones +2,58%
▪️ S&P500 +2,46%
▪️ Nasdaq +2,87%

Entre outros destaques, a Meta subiu 1,29%, após registrar forte queda ontem, enquanto Microsoft e Alphabet avançaram 4,02% e 4,41%, respectivamente.

A Amazon recuou 6,80%, com o mercado reagindo negativamente aos resultados trimestrais da companhia.

Chevron e ExxonMobil registraram ganhos de 1,17% e 2,93%, respectivamente, apesar da queda do petróleo no mercado internacional.

Os ADRs de BHP e Rio Tinto, duas das maiores mineradoras do mundo, fecharam novamente em queda, dessa vez de 4,75% e 3,51%, respectivamente. A desvalorização de quase 5% da commodity de referência na bolsa chinesa de Dalian pressionou os papéis.

(Com Agência Estado e The Wall Street Journal)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?