Bolsas da Ásia fecham mistas, após confirmação de Xi Jinping para novo mandato

wance-paleri-NnRIrQ1USyw-unsplash (1)

As bolsas da Ásia fecharam sem direção única nesta segunda-feira (24), com tombo dos índices da China e Hong Kong, após a confirmação de um novo mandato do atual líder chinês. A decisão do Partido Comunista ofuscou dados macroeconômicos divulgados pela China.

Concluído ontem, o 20° Congresso do Partido Comunista nomeou Xi Jinping para mais um mandato como chefe do Partido Comunista, em uma ruptura com a tradição de troca de comando a cada 10 anos. O atual líder promoveu aliados que apoiam sua visão de controle mais rígido sobre a sociedade e a economia.

A medida abriu caminho para um terceiro mandato no comando da China. Jinping foi nomeado oficialmente para seu terceiro mandato de cinco anos, e consolidou a ampliação do seu poder dentro do Partido Comunista Chinês. Ele apresentou uma nova cúpula repleta de partidários, um dia depois de orquestrar a remoção do ex-rival Li Keqiang dos altos escalões do partido.

Em reação, o índice de Hong Kong registrou o maior tombo diário desde novembro de 2008, em meio a uma forte liquidação de ações de tecnologia.

A decisão ofuscou dados macroeconômicos divulgados no país. O Produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 3,9% no terceiro trimestre deste ano ante igual período de 2021. Originalmente, os dados do PIB estavam marcados para sair na última terça-feira (18).

Já o crescimento das exportações desacelerou ainda mais em setembro, enquanto a produção industrial cresceu 6,3% em setembro deste ano ante igual mês de 2021, acelerando após alta de 4,2% em agosto.

No Japão, investidores monitoraram a fala do ministro de Finanças do país ao Parlamento. Shunichi Suzuki, disse hoje que o governo irá tomar as ações necessárias no mercado cambial para conter a forte desvalorização do iene.

Entretanto, Suzuki se recusou a confirmar se o governo interveio no mercado cambial Nova York na sexta-feira (21) ou em Tóquio hoje, duas ocasiões nas quais o iene se fortaleceu de forma repentina. O ministro afirmou ser “desejável que a taxa do iene fique estável”.

“Em particular, flutuação excessiva resultante de movimentos de especuladores é algo que absolutamente não podemos permitir. Quando tais movimentos ocorrerem, tomaremos as medidas necessárias”, completou Suzuki.

Por enquanto, Tóquio anunciou oficialmente apenas uma intervenção no mercado de câmbio este ano, em 22 de setembro. Na semana passada, o dólar chegou a ultrapassar a barreira de 150 ienes, atingindo os maiores patamares desde 1990.

🇨🇳 Shanghai -2,02% (2.977)

🇯🇵 Nikkei +0,31% (26.975)

🇭🇰 Hang Seng -6,36% (15.180)

🇰🇷 Kospi +1,04% (2.236)

 

(Com Agência Estado, Dow Jones Newswires e Reuters)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?