Bolsas da Ásia fecham mistas, de olho em PMIs chineses

blur-1853262_1920

As bolsas da Ásia fecharam sem direção única nesta quarta-feira (31), monitorando a manutenção do movimento de queda nas Bolsas em Wall Street, que ficaram no vermelho pelo terceiro pregão consecutivo ontem.

Dados econômicos fortes dos EUA sustentaram apostas de que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) poderá manter a postura agressiva e, mais uma vez, elevar seus juros básicos em 75 pontos-base em setembro.

Além disso, o PMI industrial oficial da China subiu para 49,4 em agosto, superando ligeiramente as expectativas, mas permaneceu abaixo do nível de 50 que indica contração na manufatura. O PMI de serviços chinês, por sua vez, caiu para 52,6 neste mês, sugerindo expansão mais contida do setor.

A contração do indicador chinês ocorreu diante dos cortes de energia induzidos por ondas de calor e secas que interromperam as operações das fábricas, minando as esperanças de uma recuperação robusta.

Outro fator determinante foi o ressurgimento de surtos de Covid-19 em todo o país, com várias cidades chinesas, como Shenzhen, Chengdu e Dalian, voltando a endurecer restrições de combate à doença.

🇨🇳 Shanghai -0,78%
🇯🇵 Nikkei -0,37%
🇭🇰 Hang Seng +0,03%
🇰🇷 Kospi +0,86%

 

(Com Agência Estado, Dow Jones Newswires e Reuters)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?