Bolsas da Ásia fecham mistas, em repercussão ao anúncio do Fed

1E5F1D44-614C-4340-9A87-A23C3C13E683

As bolsas da Ásia fecharam sem direção única nesta quinta-feira (16), em reações mistas à decisão de política monetária do Fed. O banco central americano elevou as taxas de juros em 0,75 p.p., o maior reajuste em quase três décadas.

Os índices japonês e sul-coreano, que já haviam precificado a decisão, exibiram ganhos, enquanto os de Xangai e Hong Kong oscilaram na direção contrária.

À medida que os EUA elevam juros em ritmo acelerado para combater a inflação enquanto a economia da China permanece diante de incertezas quanto ao surto de Covid-19, as moedas asiáticas poderiam ser ainda mais pressionadas negativamente. Tal cenário exigiria dos governos locais medidas difíceis para contornar a situação.

O iene japonês se desvalorizou 14% frente ao dólar este ano, enquanto o yuan, da China, se depreciou em torno de 5%.

Por outro lado, as duas maiores economias da Ásia — China e Japão — têm resistido a apertos monetários locais, uma vez que a inflação doméstica permanece relativamente sob controle.

🇨🇳 Shanghai -0,61% (3.285,38)

🇯🇵 Nikkei +0,40% (26.431,20)

🇭🇰 Hang Seng -2,17% (20.845,43)

🇰🇷 Kospi +0,16% (2.451,41)

 

Com informações do Dow Jones Newswires.

 

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?