Bolsas da Ásia fecham negativas, ante desempenho em NY e PMI chinês

wance-paleri--5VN1iu3Cdk-unsplash

As bolsas da Ásia fecharam majoritariamente em queda nesta segunda-feira (05), em repercussão às baixas em Wall Street no pregão anterior. Investidores também acompanharam a divulgação do índice de gerentes de compras (PMI) da China.

Na última sexta-feira (02), as bolsas de Nova York fecharam em queda superior a 1%, digerindo números mistos do payroll.

Na Ásia, o PMI composto da China recuou de 54 em julho para 53 em agosto, conforme divulgado hoje pela S&P Global e a Caixin Media. Já o PMI de serviços caiu de 55,5 em julho para 55 em agosto. Os resultados ficaram acima da marca de 50, que separa expansão de contração da atividade.

Para Wang Zhe, economista do Caixin, as fortes ondas de calor e surtos esporádicos de Covid-19 foram os principais fatores que pesaram sobre a economia chinesa em agosto. “O impacto do clima extremo foi mais significativo do que o dos surtos. A falta de energia resultante restringiu a produção, enquanto os prestadores de serviços permaneceram praticamente inalterados. O setor manufatureiro se beneficiou mais de menores despesas como resultado da queda dos preços das commodities do que o setor de serviços”, avalia.

O centro de tecnologia do sul da China, Shenzhen, disse que adotará medidas de restrição antivírus em camadas a partir de hoje, enquanto Chengdu anunciou uma extensão das restrições de bloqueio, à medida que o país enfrenta novos surtos de Covid-19.

A China prometeu aumentar o apoio político à economia, segundo discursos dos principais formuladores de políticas econômicas do país hoje. Eles enfatizaram que o terceiro trimestre é crucial para a implementação de medidas políticas, pois as evidências apontam para uma perda adicional de impulso econômico.

Yang Yinkai, vice-secretário-geral da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, declarou que a China vai acelerar o investimento em infraestrutura e atrair capital social para projetos-chave em entrevista coletiva em Pequim.

Yang acrescentou que a China manterá suas operações econômicas dentro de um intervalo razoável e alcançará os melhores resultados possíveis para o crescimento econômico.

Liu Guoqiang, vice-governador do Banco Popular da China (BPC), disse na mesma coletiva de imprensa que o banco central fortalecerá o apoio político à economia.

🇨🇳 Shanghai +0,42% (3.200)

🇯🇵 Nikkei -0,11% (27.619)

🇭🇰 Hang Seng -1,16% (19.226)

🇰🇷 Kospi -0,24% (2.403)

(Com Agência Estado, Dow Jones Newswires e Reuters)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?