Bolsas da Ásia fecham positivas, ante sinais de estímulos econômicos na China

24C7FB56-935F-43A1-B90D-B0438C55FE51

As bolsas da Ásia fecharam majoritariamente em alta nesta quarta-feira (17), após sinalizações de mais estímulos do governo da China para sustentar uma recuperação econômica do país. Indicadores divulgados na segunda-feira (15) apontaram desaceleração da segunda maior economia do mundo.

O primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, declarou que a China vai intensificar o apoio à economia e instou províncias economicamente importantes a assumirem liderança na implementação de políticas de crescimento, informou a mídia estatal.

Conforme divulgado no início da semana, a economia da China continuou a se recuperar em julho, mas houve “pequenas flutuações”, disse Li durante uma reunião por vídeo ontem com autoridades de seis grandes províncias do país – Guangdong, Jiangsu, Zhejiang, Shandong, Henan e Sichuan.

“Um senso de urgência deve ser fortalecido para consolidar as bases para a recuperação econômica”, disse Li.

O banco central da China deve tomar mais medidas de flexibilização, pressionado pela instabilidade econômica, mas enfrenta um espaço limitado de manobra devido a preocupações com o aumento da inflação e a fuga de capitais.

Analistas agora esperam cortes nas taxas de empréstimo de referência do país já na próxima segunda-feira (22), depois que o Banco Popular da China (PBOC) inesperadamente baixou duas das principais taxas esta semana, frente aos dados de desaceleração inesperada em julho.

Em outras partes da Ásia, a bolsa do Japão fechou com o índice Nikkei acima do nível psicológico de 29 mil pontos pela primeira vez desde 5 de janeiro, após um rali nos principais índices futuros de Nova York durante a noite e ganhos robustos de varejistas dos EUA nas negociações à vista.

“As ações fortes dos EUA elevaram o sentimento dos investidores”, disse Takatoshi Itoshima, estrategista da Pictet Asset Management Japan. “Os investidores responderam aos ganhos otimistas dos varejistas dos EUA.”

Em Hong Kong, ações de tecnologia e petrolíferas sustentaram a valorização do índice Hang Seng. Já a bolsa sul-coreana interrompeu uma sequência de três pregões positivos frente às quedas de ações de montadoras.

🇨🇳 Shanghai +0,45% (3.292)

🇯🇵 Nikkei +1,23% (29.223)

🇭🇰 Hang Seng +0,46% (19.922)

🇰🇷 Kospi -0,67% (2.516)

(Com Reuters, Agência Estado e Dow Jones Newswires)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?