Bolsas da Europa fecham em alta, apesar do CPI norte-americano

Bandeira da União Europeia. Bolsas da Europa

As bolsas europeias fecharam majoritariamente em alta nesta quinta-feira (13), acompanhando a divulgação do índice de preços ao consumidor (CPI) dos Estados Unidos e da Alemanha.

Em solo alemão, o CPI do país aumentou 1,9% em setembro em relação a agosto. O escritório oficial de estatísticas da Alemanha, Destatis, apresentou os dados finais e indicou o aumento de 10% no mês passado quando comparado com uma base anual.

O CPI norte-americano veio o dobro do esperado e reforçou de que o Federal Reserve (Fed)  elevará os juros na próxima reunião, que acontecerá no início de novembro. O resultado apontou alta de 0,4% no mês e de 8,2% em análise anual.

A projeção dos economistas era de uma alta de 0,2% em setembro e, com isso, a inflação acumulada nos últimos doze meses deveria atingir a marca de 8,1%.

No Reino Unido, o foco segue no plano de governo, alinhado com o Banco da Inglaterra (BoE), a compra de gilts a fim de conter alguns segmentos do mercado. Na últimas quarta-feira (12), o economista do BoE, Hull Pill, afirmou que as operações são “temporárias e focadas”, em relação ao mercado de bônus (gilts).

🇩🇪 DAX +1,51%

🇫🇷 CAC +1,04%

🇬🇧 FTSE +0,35%

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?