Bolsas da Europa fecham em queda, com inflação local em alerta

Foto da bandeira da União Europeia. União das Bolsas da Europa

As bolsas europeias fecharam majoritariamente em queda nesta quarta-feira (19), acompanhando a situação de inflação na Zona do Euro e a divulgação de dados econômicos no Reino Unido.

De acordo com os dados finais divulgados hoje pelo escritório de estatísticas da União Europeia, Eurostat, a taxa anual de inflação ao consumidor (CPI) para a Zona do Euro aumentou para de 9,9% em setembro, e de 9,1% em agosto. A taxa de setembro ficou aquém tanto da leitura preliminar quanto da previsão de 10% dos analistas consultados pelo The Wall Street Journal.

Bostjan Vasle, presidente do Banco Central da Eslovênia e dirigente do Banco Central Europeu (BCE), afirmou que a instituição deverá elevar os juros em 0,75 p.p.

“A hora de pensar em compras de ativos como novos passos de normalização da política monetária virá depois que atingirmos a taxa de juros neutra e discutirmos aumentos acima dela”, disse o dirigente Vasle. “Teremos que pensar em encolher o balanço, provavelmente em 2023”, afirmou.

A CMC Markets, empresa de serviços financeiros sediada no Reino Unido, comentou que os bancos locais enfrentaram algumas dificuldades hoje. O Lloyds Banking, por exemplo, caiu 4,68%.

🇩🇪 DAX -0,19%

🇫🇷 CAC -0,43%

🇬🇧 FTSE -0,17%

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?