Bolsas têm leve alta com novos estudos sobre ômicron; inflação nos EUA e no Brasil e mais assuntos que agitarão o mercado hoje

Bolsas têm leve alta com novos estudos sobre ômicron; inflação nos EUA e no Brasil e mais assuntos que agitarão o mercado hoje


A maioria dos mercados mundiais opera em leve alta na manhã desta quinta-feira (23), a última sessão antes do Natal, após os últimos estudos sobre a Covid-19 criarem esperanças de que a recuperação global possa resistir à disseminação da nova variante Ômicron.

A confiança do consumidor nos EUA e as vendas de imóveis ajudaram a trazer de volta parte do otimismo, assim como os estudos que indicam que a nova variante pode ter menos probabilidade de levar os pacientes aos hospitais do que a delta. 

Nos EUA é divulgado o PCE, a medida favorita do Fed para os preços ao consumidor, às 10h30. No mesmo horário, também saem os pedidos de auxílio-desemprego semanal. Economistas da Refinitiv projetam 205 mil pedidos.

As autoridades, no entanto,  continuam cautelosas, já que a variante se espalha rapidamente. Na China, a cidade de Xi’an foi bloqueada para conter a propagação do vírus.

Pesquisadores na Escócia e no Imperial College London encontraram sinais de taxas de hospitalização mais baixas entre pessoas com Ômicron. Os novos dados somam-se a um estudo que mostra que os sul-africanos têm 70% menos probabilidade de desenvolver doença grave e 80% menos probabilidade de serem hospitalizados se contraírem a Ômicron.

Além disso, uma nova pílula anti Covid-19 desenvolvida pela Pfizer ganhou liberação para uso de emergência nos EUA.

Já no Brasil, em represália aos cortes orçamentários na Receita Federal, o Sindifisco Nacional (Sindicato Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita) informou ontem (22) que pelo menos 324 auditores entregaram seus cargos de chefia e funções comissionadas em diversas áreas do órgão.       

Conforme o sindicato, o número final de postos vagos ainda não foi consolidado e pode chegar a 500 em todo o país. 

Na terça-feira, o Congresso aprovou o Orçamento de 2022 com uma reserva de R$ 1,7 bilhão para reajustar salários de policiais. De acordo com o Sindifisco, a liberação desses recursos foi possível por meio de cortes nas verbas da Receita Federal em 2022.

Além disso, o sindicato afirma que foi descumprido acordo para regulamentação do pagamento de bônus aos servidores do órgão.

Na agenda econômica, a desaceleração dos combustíveis deve permitir alívio do IPCA-15 de dezembro (às 9h). O consenso Refinitiv projeta alta de 0,8%, o que seria a primeira taxa abaixo de 1% desde agosto. Confira os destaques: 

1. Bolsas Mundiais

Estados Unidos

Os índices futuros dos EUA têm leve alta na manhã de quinta-feira (23), à medida que os investidores olham para além do nervosismo anterior sobre a propagação da variante ômicron. 

Os mercados reagiram a um estudo realizado na África do Sul – onde a cepa foi descoberta pela primeira vez – sugerindo um risco reduzido de hospitalização e doença grave em comparação com o delta.

Veja o desempenho dos mercados futuros:

  • Dow Jones Futuro (EUA), +0,11%
  • S&P 500 Futuro (EUA), +0,06%
  • Nasdaq Futuro (EUA), -0,08%

Ásia

Os mercados asiáticos fecharam em alta. 

  • Nikkei (Japão), +0,83% (fechado)
  • Shanghai SE (China), +0,57% (fechado)
  • Hang Seng Index (Hong Kong), +0,40% (fechado)
  • Kospi (Coreia do Sul), +0,46% (fechado)

Europa

Os mercados europeus operam majoritariamente em alta com investidores olhando para os sinais de que a variante ômicron não é tão grave quanto se temia anteriormente. As ações de empresas aéreas registram ganhos. 

  • FTSE 100 (Reino Unido), -0,07%
  • Dax (Alemanha), +0,25%
  • CAC 40 (França), +0,23%
  • FTSE MIB (Itália), +0,01%

Commodities

Após seguirem a alta da véspera, parcialmente estimulados por uma queda maior do que o esperado nos estoques de petróleo dos EUA na semana passada, os preços do petróleo passaram a ter leve baixa durante a manhã. 

  • Petróleo WTI, -0,40%, a US$ 72,47 o barril
  • Petróleo Brent, -0,41%, a US$ 74,98 o barril
  • Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve baixa de -0,65%, a 692,50 iuanes, o equivalente a US$ 108,70

Bitcoin

  • Bitcoin, -2,23% a US$ 48.314,37 (em relação à cotação de 24 horas atrás)

2. Agenda do dia e  noticiário sobre Covid

Brasil

09h: IPCA-15 de dezembro, economistas consultados pela Refinitiv esperam alta de 0,8% na base mensal e alta de 10,45% na comparação anual
09h30: Caged de novembro 

EUA

10h30: Índice PCE de novembro   
10h30: Núcleo do PCE de Novembro, expectativa de alta de +0,4% na base mensal, segundo projeções da Refinitiv
10h30: Bens duráveis de novembro, expectativa de alta de +1,6%, segundo projeções da Refinitiv
10h30: Exportação de grãos (USDA) Semanal
10h30: Pedidos de auxílio-desemprego Semanal, projeção da Refinitiv é de 205 mil pedidos
12h00: Confiança do consumidor de Dezembro
12h00: Novas moradias de Novembro          

Estudo sugere que Ômicron oferece risco menor de hospitalização do que Delta

Um estudo sul-africano sugere riscos reduzidos de hospitalização e doença grave em pessoas infectadas com a variante Ômicron do coronavírus em comparação com a Delta, embora os autores digam que parte disso é provavelmente devido à alta imunidade da população.

O estudo, que não foi revisado por pares, descobriu que pessoas com diagnóstico de Ômicron na África do Sul entre 1º de outubro e 30 de novembro tinham 80% menos probabilidade de serem admitidas no hospital do que aquelas com diagnóstico de outra variante no mesmo período. O estudo descobriu ainda que as pessoas que foram hospitalizadas com Ômicron tinham 70% menos probabilidade de desenvolver doença grave do que aquelas admitidas com Delta.

Brasil

O Brasil registrou 137 mortes por Covid-19 em 24 horas. Já a média móvel de mortes por Covid em 7 dias no Brasil ficou em 111, queda de 39% em comparação com o patamar de 14 dias antes, segundo informações do consórcio de veículos de imprensa, às 20h. 

A média móvel de novos casos em sete dias foi de 3.055, o que representa queda de 63% em relação ao patamar de 14 dias antes. 

Chegou a 142.296.139 de pessoas totalmente imunizadas contra a Covid no Brasil, o equivalente a 66,71% da população.

O número de pessoas que tomaram ao menos a primeira dose de vacinas atingiu 160.864.211 pessoas, o que representa 75,41% da população.

A dose de reforço foi aplicada em 24.060.820 pessoas, ou 11,28% da população.

3. Líder do governo descarta aprovação de reformas em 2022

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), disse ontem (22) não acreditar em um ambiente favorável para a aprovação de reformas estruturantes no próximo ano. A avaliação do parlamentar é que a disputa eleitoral contaminará a análise das reformas tributária e administrativa, que precisam de apoio de pelo menos 308 deputados e 49 senadores.

Segundo Barros, as legendas que apostam nas candidaturas de Ciro Gomes (PDT) e Sergio Moro (Podemos) não entregarão votos necessários para as reformas serem aprovadas pelo Poder Legislativo no ano em que o presidente Jair Bolsonaro (PL) disputará a reeleição.

Reajuste de salários de policiais no Orçamento

Membros da base aliada do presidente Jair Bolsonaro (PL) apontam que houve falha estratégica de Bolsonaro em articular a favor do reajuste dos policiais federais no Orçamento de 2022. Eles apostam que outras categorias ampliarão a pressão para serem contempladas antes da eleição do próximo ano.

Mesmo sem fiscal para atender os possíveis pedidos, a expectativa é que o presidente terá que ceder para amarrar profissionais de categorias que tenham sustentado sua eleição em 2018. Eles acreditam que Bolsonaro não arriscará ver cair ainda mais a intenção de voto para a disputa eleitoral de 2022.

4. Crédito vai desacelerar em 2022, após dois anos de forte crescimento

Após dois anos em ritmo forte, o crédito vai desacelerar em 2022. A atividade econômica fraca, a inflação, a alta dos juros e o fim dos programas emergenciais tendem a atenuar a demanda, tanto para empresas quanto para famílias.

O Banco Central (BC) prevê crescimento de 9,4% no estoque de crédito no ano que vem, depois de uma expansão de 15,5% em 2020 e uma alta prevista de 14,6% em 2021. A projeção do BC é mais otimista que a mediana dos analistas do setor privado, que indica expansão de 6,6% em 2022, segundo o último questionário pré-Copom. É também maior que a expectativa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), que na sua pesquisa de economia bancária colhe do setor uma previsão de aumento de 7,3% no saldo. 

Cenário fiscal sinaliza alta da dívida pública

Apesar do ponto de partida para a relação entre a dívida bruta e o PIB no Brasil estar melhor do que o previsto no começo de 2021, a PEC dos Precatórios, a alta da Selic e perspectivas fracas para a atividade não tiraram do horizonte dos analistas uma trajetória da dívida que pode chegar a 100% do PIB nesta década.

5. Radar Corporativo

Petrobras (PETR4; PETR3) 

A Petrobras (PETR4; PETR3) informou que finalizou a venda da totalidade de sua participação em 12 campos terrestres de exploração e produção, denominados Polo Remanso, localizadas no estado da Bahia, para a Petro Recôncavo (RECV3).

Após o cumprimento das condições precedentes, a operação foi concluída com o pagamento de US$ 7,3 milhões para a estatal, já com os ajustes previstos no contrato. O valor recebido no fechamento se soma ao montante de US$ 4 milhões pagos à Petrobras na assinatura do contrato de venda.

A companhia ainda receberá US$ 5 milhões um ano após o fechamento da operação, valor a ser corrigido com base nas condições previstas em contrato.

A Petrobras (PETR4; PETR3) também apresentou nesta quarta-feira (22) à Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a revisão do Plano de Desenvolvimento (PD) Integrado da Jazida Compartilhada de Tupi e da Área de Iracema.

Nesta revisão, o Consórcio de Tupi propõe novos investimentos para o aumento da produção e consequente maximização da geração de valor deste campo no longo prazo.

Além disso, a Petrobras (PETR4; PETR3) informou que seu Conselho de Administração aprovou a  destinação de R$ 270 milhões que serão utilizados ao longo de 2022 no programa social de acesso a botijões de gás de cozinha (gás liquefeito de petróleo –GLP) a famílias em situação de vulnerabilidade.

O valor é complementar aos R$ 30 milhões destinados em 2021, totalizando R$ 300 milhões até o fim de 2022.

Gerdau (GGBR4), Metalúrgica Gerdau (GOAU4) e Eletrobras (ELET3;ELET6)

A Gerdau (GGBR4) informou que a empresa, a Metalúrgica Gerdau (GOAU4) e Seiva receberam pagamento de R$ 1,062 bilhão de perdas com empréstimo da Eletrobras (ELET3; ELET6).

O processo judicial tramita na 14ª Vara Cível da Comarca do Rio de Janeiro.

As companhias foram autorizadas, em 18/10/2021, a levantar o valor de R$ 422 milhões, tido por “incontroverso” pela própria Eletrobras, o que ocorreu em 29/10/2021;

Em 28/10/2021, as companhias apresentaram seguro garantia no montante de R$ 1,049 bilhão, tendo sido acolhido pelo Poder Judiciário e deferido o levantamento do depósito judicial de valor equivalente em 30/11/2021.

Americanas (AMER3) 

A Americanas (AMER3) aprovou a distribuição de juros a título de remuneração sobre o capital próprio (JCP), na proporção de suas participações no capital social, no valor bruto total de R$ 550,6 milhões, que representa um valor bruto de R$ 0,61303854 por cada ação ordinária.

A empresa também aprovou aumento do capital social de no máximo R$ 468 milhões.

(Com Estadão, Bloomberg e Agência Brasil)

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui!

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?