Câmara dos EUA aprova projeto que facilitará processo para elevar teto da dívida

Câmara dos EUA aprova projeto que facilitará processo para elevar teto da dívida


Nos Estados Unidos, os principais legisladores republicanos e democratas chegaram a um acordo para iniciar um processo que visa aumentar o teto da dívida americana. Na terça-feira, 7, à noite, a Câmara aprovou por 222 votos favoráveis ante 212 contrários um projeto de lei que abre caminho para que o calote do país seja evitado. Agora, o projeto segue para o Senado, onde legisladores pretendem aprová-lo ainda nesta semana.

O acordo é o produto de semanas de negociações entre os líderes do Senado: o democrata Chuck Schumer e o republicano Mitch McConnell.

O projeto de lei em si não eleva o teto da dívida, mas estabelece um procedimento para uma votação adicional sobre a questão, permitindo que a aprovação se dê por maioria simples no Senado em vez dos 60 votos necessários para a maioria da legislação.

Embora o apoio do Partido Republicano não seja mais necessário para a votação sobre o limite da dívida, pelo menos dez senadores terão que apoiar a legislação que estabelece tal processo. Na terça, McConnell disse estar confiante de que a proposta conquistaria apoio republicano suficiente no Senado que conta com 50 representantes de cada partido.

Com o acordo, os democratas poderão aprovar o aumento do teto sem usar o processo de reconciliação. O Departamento do Tesouro americano já informou que pode perder a habilidade de cumprir as obrigações do governo a partir do dia 15, próxima quarta-feira.

Analista da Rico Corretora ensina ferramentas práticas a extrair lucro do mercado financeiro de forma consistente. Inscreva-se Grátis.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?