Commodities: Alta de juros do BCE nutre temor quanto à demanda de petróleo

pump-jack-gdf5460954_1920

O petróleo registra queda nesta quinta-feira (21). O aumento bem maior que o esperado nos estoques de gasolina dos EUA e a elevação da taxa de juros em 0,5 p.p pelo Banco Central Europeu (BCE), primeira alta em mais de uma década, alimentam preocupações sobre a perspectiva de demanda pela commodity

O barril se desvaloriza pelo segundo dia consecutivo. Ontem (20), a sessão acompanhou um movimento geral após a União Europeia (UE) anunciar o plano para reduzir seu consumo de gás em 15% até o fim de março de 2023 devido ao temor no corte de fornecimento russo.

O minério de ferro também fechou em baixa. O movimento ocorreu em meio a novos casos de Covid-19 na China e à fraca demanda pela matéria-prima.

O trabalho de manutenção nas siderúrgicas chinesas e o tempo chuvoso recente pesaram sobre a demanda. Do lado da oferta, os embarques de minério de ferro da Austrália e do Brasil aumentaram nesta semana, reforçando a tendência geral de queda nos preços do minério.

🇬🇧 Brent -3,07% (US$ 103,64)

🇺🇸 WTI -3,72% (US$ 96,16)

🇨🇳 Minério de ferro -1,90% (US$ 97,71)

Cotações registradas às 11h15; minério de ferro referente a Qingdao

 

(Com Dow Jones Newswires e Agência Estado)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Related Posts

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE