Commodities: petróleo opera na esteira de NY; PMI chinês limita minério

francesco-boncompagni-dEBvDbDH4P4-unsplash

O petróleo estendeu perdas nesta segunda-feira (01), na esteira das quedas dos futuros de Nova York. O mercado opera de forma mais conservadora após o PMI industrial da China indicar contração do setor em julho, diante da desaceleração econômica no país, que é o segundo maior importador de petróleo do mundo. Além disso, há temores de que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) mantenha sua meta de produção esta semana, apesar do aperto no mercado do óleo. 

O minério de ferro fechou em queda. O mercado à vista passou por leve correção após ganhos robustos na última semana. No mercado futuro, os negócios foram estimulados pelas expectativas de aumento dos gastos com infraestrutura e de resgates ao setor imobiliário na China. No entanto, dados fracos de atividade limitaram os ganhos.

O índice de gerentes de compras industrial oficial da China fechou julho em 49, marcando queda em relação aos 50,2 na leitura do índice em junho.

🇬🇧 Brent -3,90% (US$ 99,92)

🇺🇸 WTI -5,12% (US$ 93,57)

🇨🇳 Minério de ferro -0,89% (US$ 113,98)

Cotações registradas às 10h40; minério de ferro referente a Qingdao

 

(Com Agência Estado)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Related Posts

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE