Commodities: Relatório semanal dos EUA contraria projeção de alta dos estoques de petróleo

pump-jack-gdf5460954_1920

O petróleo opera em baixa nesta quarta-feira (20), apesar da queda nos estoques de petróleo dos EUA e à medida que a demanda por combustível no país enfraquece. Os dados semanais oficiais de estoques de petróleo e combustível da AIE contrariaram a projeção de alta de 600 mil barris, com decréscimo de 445 mil barris na semana. Por outro lado, os estoques de gasolina subiram 3,498 milhões de barris no período, acima da projeção de alta de 200 mil.

Além disso, investidores repercutem o aumento da oferta na Líbia. O país africano voltou a exportar petróleo bruto do porto de Es Sider.

O cenário no Oriente Médio também fica no radar, uma vez que a Arábia Saudita pode estar perto do limite do potencial máximo de produção da commodity. A Arábia Saudita tem capacidade adicional limitada de bombeamento, conforme dito por fontes ao The Wall Street Journal. A restrição tornaria difícil o aumento da oferta global, mesmo que as autoridades sauditas estivessem disposta a fazê-lo.

As incertezas chamam atenção para a próxima reunião da Opep, em 3 de agosto.

“Com pouco espaço para a Opep+ aumentar a produção, o mercado de petróleo terá dificuldades para se equilibrar nos próximos meses, sustentando os preços”, disse Stephen Brennock, da corretora de petróleo PVM.

O minério de ferro subiu 1,52% na bolsa chinesa de Qingdao, cotado a US$ 98,58 a tonelada, recuperando parte das perdas da sessão anterior, superiores a 3%. Ontem, o mercado reagiu mal à queda na produção de metal na última semana de junho, assim como digeriu a criação da plataforma China Mineral Resources Groups Co., que vai centralizar as compras de minério de ferro.

A melhora do sentimento dos investidores hoje se deve à avaliação de que a nova plataforma está alinhada a outras iniciativas do governo da China para aumentar a oferta de minério de ferro no mercado interno e externo, bem como expandir o uso de sucata de aço, conforme diz o analista do CBA Vivek Dhar em nota, segundo informações da Dow Jones Newswires.

As sinalizações de apoio em crédito ao setor imobiliário chinês por Pequim também impactaram positivamente as negociações da commodity.

🇬🇧 Brent -1,35% (US$ 105,59)

🇺🇸 WTI -2,16% (US$ 98,62)

🇨🇳 Minério de ferro +1,52%  (US$ 98,58)

Cotações registradas às 11h40; minério de ferro referente a Qingdao

 

(Com Reuters, Dow Jones Newswires e Agência Estado)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Related Posts

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE