Como deixar de ser um bear market? A China tem a resposta

O mercado de ações da China está sendo negociado a avaliações historicamente baixas. [Foto: Alex Plavevski]

O mercado de ações do país está em queda prolongada. Pequim está recorrendo a uma solução conhecida

A China pressionou um grupo de empresas ligadas ao estado a comprar fundos negociados em bolsa, como parte de um esforço para impulsionar os preços das ações. Até o momento, não está funcionando.

O índice de referência CSI 300 da China entrou em seu quarto ano consecutivo de declínio e caiu 7,3% até agora neste ano. Investidores estrangeiros estão se retirando do mercado. Centenas de milhões de investidores individuais da China estão migrando para ativos mais seguros ou apostando em mercados de ações em outros lugares.

A queda prolongada nos preços dos ativos está chamando a atenção dos reguladores e políticos. O órgão regulador de valores mobiliários restringiu as vendas a descoberto e reduziu um imposto sobre a negociação de ações. 

O Conselho de Estado, gabinete da China, pediu que mais seja feito para impulsionar os mercados de capitais. Wang Jianjun, vice-presidente do regulador, disse na semana passada que “as flutuações de mercado impactam diretamente os bolsos dos chineses do dia a dia”.

A equipe nacional, um grupo de investidores ligados ao estado que compra ações e ETFs para elevar os preços das ações, entra em cena.

Não há uma definição fixa da equipe nacional, um termo favorito entre analistas e investidores, mas não usado pelo governo. No entanto, a maioria dos analistas acredita que inclui uma combinação de fundos estatais de investimento, seguradoras, fundos de pensão e corretores.

Em janeiro, cinco dos maiores fundos negociados em bolsa da China que acompanham os índices CSI 300 e Shanghai Composto receberam fluxos líquidos no valor de US$ 20,2 bilhões, mais de 10 vezes a média mensal do ano passado, segundo a Z-Ben Advisors. Essa concentração de fluxos é um sinal de que a equipe nacional da China está atuando, de acordo com participantes do mercado.

Mas os investidores estão céticos quanto à capacidade da equipe nacional de interromper o declínio do mercado de ações.

Um alívio temporário. Desempenho do índice no acumulado do ano. Linha cinza: Reunião do Conselho de Estado. [Fonte: FactSet/WSJ]
As ações tiveram uma alta, recebendo apoio da reunião do Conselho de Estado e do anúncio que o banco central reduziria o requerimento de reserva para os bancos. Mas o otimismo se mostrou de curta duração, apesar da equipe nacional continuar comprando mais que o habitual. O CSI 300 caiu mais de 4% nesta semana.

“Acho que precisamos ser realistas”, afirmou Bhaskar Laxminarayan, diretor de investimentos para a Ásia na Julius Baer. “A intervenção tem limites.”

Pequim nunca confirmou a existência da equipe nacional, mas as autoridades insinuaram sobre sua existência em declarações oficiais e relatórios da mídia. Jornais estatais às vezes pedem a grandes fundos e empresas para ajudar a estabilizar o mercado de ações.

A maioria dos analistas concorda que a Central Huijin Investment, uma unidade do fundo soberano da China, é um membro central. A China Securities Finance, empresa de empréstimo de margem, é outro. 

Alguns dos principais fundos de pensão, empresas estatais de gestão de ativos e corretoras também foram incluídos na definição. A recente onda de compras pela equipe nacional ecoa a abordagem de Pequim a outro declínio do mercado de ações a quase uma década atrás.

Pico repentino. Influxos líquidos diários em cinco dos maiores ETFs da China. [Fonte: Z-Ben Advisors/WSJ]
Em 2015, Pequim criou novas instituições para comprar ações e deu ordens a outras empresas existentes que tinham capital sobrando. As autoridades canalizaram parte dos fundos por meio de corretoras estatais, que tiveram liberdade para decidir o momento e a alocação de seus investimentos em ações individuais. 

No entanto, algumas dessas corretoras supostamente vazaram as informações para seus clientes. Pelo menos seis empresas foram investigadas por insider trading, e dois reguladores seniores perderam seus empregos.

Agora, a China está pressionando a equipe nacional a comprar ETFs em vez de ações individuais. Esses fundos possuem uma alocação ampla no mercado de ações, o que significa que as compras da equipe nacional não têm um impacto desproporcional em apenas algumas ações por dia. Isso reduz os riscos de vazamento de informações sobre as compras da equipe nacional.

“Eles querem uma camada intermediária, não risco moral”, disse Peter Alexander, fundador da Z-Ben Advisors. “O que você está vendo agora é que ainda há um risco moral que pode ser debatido. Mas nas condições atuais, provavelmente é o melhor dos piores cenários possíveis.”

A equipe nacional é parte fundamental da tentativa de Pequim de impulsionar o mercado de ações, mas as autoridades estão usando várias táticas para tentar mudar o sentimento. As plataformas de mídia social têm como alvo jornalistas e economistas que escreveram artigos críticos e alertaram os usuários sobre a economia e o mercado de ações. 

Alguns artigos online que contêm visões negativas sobre a economia da China desapareceram.

A bolsa de valores da China está atualmente sendo negociada em valores historicamente baixos. A ação média no índice CSI 300 custa apenas 10 vezes os lucros futuros, em comparação com 12,45 em 1º de janeiro de 2015, de acordo com dados da Wind. 

O mercado está sendo visto por alguns investidores estrangeiros como um local para encontrar pechinchas. Alguns investidores acreditam que isso dará à compra de ações da equipe nacional uma melhor chance de funcionar.

“Quando as ações estão tão baratas assim, o cenário poderia ser o catalisador para as pessoas pelo menos perceberem que esses papéis estão muito baratas e começarem a comprar”, concluiu Jonathan Pines, gestor de carteira principal do fundo Ásia ex-Japão da Federated Hermes.

 

(Com The Wall Street Journal; Título original: How Do You Turn Around a Bear Market? China Has One Answer)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?