Cris Arcangeli: como ela consegue exercitar empreendedorismo antifrágil na prática

Cris Arcangeli: como ela consegue exercitar empreendedorismo antifrágil na prática


SÃO PAULO – No empreendedorismo atual, resiliência não é mais suficiente. É preciso ser antifrágil. No Brasil, um dos grandes exemplos de antifragilidade na prática é o da empreendedora Cris Arcangeli, que criou marcas de comésticos como Phytoervas e Éh Cosméticos e também a marca de alimentos Beauty’In.

“Eu sempre estive muito atenta às crises e às oportunidades que a sorte te dá. Eu sempre digo que tive muito sorte, mas a sorte sempre me encontrou trabalhando”, afirmou Cris em entrevista ao podcast Do Zero ao Topo. A trajetória da empreendedora é tema do episódio 109 do podcast. É possível seguir o programa e escutar a entrevista via ApplePodcasts, Spotify, Deezer, Spreaker, Google Podcast, Castbox, Amazon Music e outros agregadores de áudio do país. Ou ainda assistir ao vídeo no Youtube.

Como ser antifrágil nos negócios

O economista e professor Nassim Taleb define como antifrágil aquilo que consegue prosperar e crescer em cenários de complexidade, volatilidade, aleatoriedade e incertezas. “A antifragilidade está além da resiliência ou robustez. O resiliente resiste a choques e permanece o mesmo; o antifrágil fica melhor”, diz Taleb em seu livro “Antifrágil: Coisas que se Beneficiam com o Caos”.

Cris aprendeu a prosperar e crescer nas incertezas desde o início de sua trajetória. Formada em odontologia, ela começou a exercer a profissão e se tornou referência em ortodontia em poucos anos. Ao invés de ficar confortável nessa posição, Cris foi atrás de novos riscos e aprendizados. “Eu tinha meu consultório. Aí tive a minha primeira filha e parei por uns dois meses. Nessa parada eu comecei a perceber que tinha que fazer outras coisas porque já tinha cumprido o que queria dentro da carreira de odontologia”, disse.

A Phytoervas foi criada em 1986 e foi responsável por criar o primeiro shampoo sem sal do Brasil. Cris conta que, nos primeiros anos, queria muito vender seus produtos na Mesbla — loja de departamentos referência na época. “A central de compras da Mesbla era no Rio. Toda vez que eu conseguia eu pegava um avião, ia para o Rio e ficava lá na sala de espera da compradora tentando fazer com que ela me atendesse”, disse.

A oportunidade surgiu de uma aleatoriedade: a diretora de compras ouviu enquanto Cris falava sobre seu produto para a responsável de compras e a chamou para uma conversa. A diretora, uma mulher francesa, sabia que shampoos sem sal eram um produto inovador na Europa e seriam o futuro do Brasil. “Eu saí de lá com um pedido para as 46 lojas da Mesbla sem saber como atenderia”, afirmou Cris.

Na época, a produção de cosméticos da Phytoervas era feita em uma casa com apenas quatro funcionários. Se adaptando ao cenário com empréstimos, Cris conseguiu atender o pedido. “A Mesbla representou um novo patamar para a Phytoervas”, contou.

Durante sua trajetória, Cris teve que enfrentar cenários mais complexos e desafiadores como: sócios que não cumpriram o prometido, a venda inesperada de suas marcas e uma briga societária que quase levou um de seus empreendimentos à falência.

Em todos esses cenários, a empreendedora exercitou alguns conceitos da antifragilidade como: a capacidade de desenvolver novos produtos, testá-los e adaptá-los rapidamente; a capacidade de olhar para crises como oportunidade de crescimento; a diversificação de negócios para correr riscos menores e a capacidade de manter suas opções sempre abertas para inovar em diferentes cenários. Confira sua história completa no podcast.

Sobre o Do Zero ao Topo

O podcast Do Zero ao Topo traz, a cada semana, um empresário de destaque no mercado brasileiro para contar a sua história, compartilhando os maiores desafios enfrentados ao longo do caminho e as principais estratégias utilizadas na construção do negócio

O programa já recebeu nomes como André Penha, cofundador do QuintoAndar; David Neeleman, fundador da Azul; José Galló, executivo responsável pela ascensão da Renner; Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentos; Artur Grynbaum, CEO do Grupo Boticário; Sebastião Bonfim, criador da Centauro; e Edgard Corona, da rede Smart Fit.



Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?