Do medo ao sucesso: lançando puts com inteligência e estratégia

sucesso-pessoas-empreendedor

Operações com opções de ações podem ser uma ótima forma de investimento, mas é preciso estar atento aos riscos envolvidos. Uma das estratégias utilizadas pelos investidores é lançar uma put, que é a venda de uma opção de venda, com o objetivo de lucrar com a alta ou lateralização do preço do ativo subjacente, ou mesmo rentabilizar uma carteira ou ainda adquirir um ativo com preço menor que o negociado no mercado.

No entanto, é preciso decidir se é melhor lançar a put do mês atual e depois rolar para o mês seguinte, ou lançar logo a put do mês seguinte. Essa decisão pode depender do seu operacional e da sua aversão ao risco.

Uma das linhas de raciocínio mais comuns é a americana, que tem medo do risco do Gamma. O risco Gamma é quando se aproxima do vencimento e uma pequena mudança no preço do ativo pode gerar um grande prejuízo para o investidor que vendeu a opção. Nesse caso, a estratégia é vender a put com um prazo maior, por exemplo, 40 dias, e recomprá-la com 20 dias, para minimizar o risco do Gamma.

Por outro lado, existe uma linha de assunção que visa extrair quase o último centavo da opção. Nesse caso, o investidor assume que, se tudo der errado, vai comprar o ativo no strike da put. Com isso, ele tem condições de carregar o desgaste do theta por mais tempo e, se tudo der errado, assume o ativo, comprando no preço do strike lançado.

No entanto, é importante lembrar que em uma queda grande, ninguém quer assumir um ativo lá em cima. A diferença entre essas duas linhas é que na primeira, quando a estratégia vai contra, é possível, normalmente, parar no ganho ou com perdas reduzidas, já na segunda, é preciso estar preparado para assumir um prejuízo maior em caso de mudança brusca no preço do ativo.

Além disso, é importante saber fazer manejos e defender a posição em vez de simplesmente rolar a opção vendida, pois isso pode tornar-se uma dor de cabeça. O efeitos dos juros mais altos podem fazer com que em um strike ITM (dentro do dinheiro) mais perto do ATM (preço do ativo) já seja necessário pagar para fazer a rolagem.

Por fim, é preciso levar em consideração a perda do custo de oportunidade, ou seja, o quanto você está deixando de ganhar comparado com o CDI no período em que está pagando para rolar a opção.

Em resumo, é importante ter as estratégias do que fazer quando a operação der errado bem definidas em seu operacional. Vender uma put pode ser uma ótima oportunidade de lucro, mas é preciso estar atento aos riscos envolvidos e tomar as decisões com base em uma análise criteriosa, e um plano operacional previamente estruturado.

Até a próxima e bons trades e investimentos!

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?