Empresas em ação: Fique de olho em Embraer (EMBR3), Eletromidia (ELMD3), Dotz (DOTZ3) e Priner (PRNR3)

ishant-mishra-UXEJDX4SqdE-unsplash

Entre os destaques corporativos desta segunda-feira (25), a Embraer (EMBR3) divulgou o relatório de entrega de aeronaves do primeiro semestre, enquanto a Dotz (DOTZ3) publicou a prévia operacional do segundo trimestre. A Eletromidia (ELMD3) comunicou uma convocação da Prefeitura de Recife (PE) para assinatura de contrato de concessão. Por fim, o Grupo Priner (PRNR3) informou o fim de seu segundo programa de recompra de ações.

Embraer (EMBR3)

A Embraer entregou 32 jatos no segundo trimestre de 2022, sendo 11 comerciais e 21 executivos (12 leves e 9 médios). No ano, a empresa acumula um total de 46 aeronaves entregues, sendo 17 comerciais e 29 executivas. A carteira de pedidos firmes (backlog) da companhia encerrou o segundo trimestre em US$ 17,8 bilhões, o maior nível desde o segundo trimestre de 2018, impulsionada por novas vendas de aeronaves e serviços, um crescimento de 12% quando comparado aos US$ 15,9 bilhões registrados no mesmo período de 2021.

Eletromidia (ELMD3)

A Eletromidia foi convocada pela Prefeitura de Recife para assinar contrato de concessão para a produção, instalação, manutenção e operação de 108 relógios de rua no Município de Recife (PE). A convocação da Eletromidia se deu em 23 de julho e, de acordo com a Eletromidia, a assinatura deve ocorrer no prazo de 30 dias, contados a partir da convocação no Diário Oficial do Recife. O contrato envolve a operação dos relógios com suas respectivas câmeras de monitoramento, e a consequente exploração comercial de até 216 faces publicitárias com exclusividade, pelo prazo de 20 anos.

Dotz (DOTZ3)

A Dotz, plataforma de engajamento B2B2C para integração de consumidores e parceiros comerciais, divulgou a prévia operacional do segundo trimestre, com dados não auditados e sujeitos a mudanças. Dentre as métricas destacadas pela companhia, a base da Dotz evoluiu para 53 milhões de contas, um crescimento de 6,8% na base anual. Já a receita média por usuário aumentou para R$ 37,90, alta de 58% no comparativo anual e de 6% no trimestral.

Grupo Priner (PRNR3)

O Grupo Priner concluiu, na última sexta-feira (22), o segundo programa de recompra de ações da companhia, aprovado pelo Conselho de Administração em 17 de janeiro. A empresa recomprou um milhão de ações ordinárias, ao custo médio de R$ 5,44 por ação. Os papéis recomprados têm por objetivo a permanência em tesouraria, para posterior cancelamento, alienação das ações no mercado, destinação ao eventual exercício de direitos no âmbito do plano de opção de compra de ações, ou outros fins a serem estabelecidos pelo Conselho de Administração, sem redução do capital social do Grupo.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Related Posts

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE