Empresas em ação: Fique de olho em GPA (PCAR3), Telefônica Brasil (VIVT3), Atma (ATMP3) e outras

job-g00a56e36f_1920

Entre os destaques corporativos desta quinta-feira (11), o GPA (PCAR3) prestou esclarecimentos sobre notícia veiculada ontem (10) pelo O Estado de S. Paulo, o Vivo Ventures (VV), fundo de Corporate Venture Capital criado pela Telefônica Brasil (VIVT3) e a Atma (ATMP3) apresentou os esclarecimentos sobre as oscilações no preço de suas ações. A Saraiva (SLED3; SLED4) registrou petição informando a adesão de 89 credores das Recuperandas e a Raízen (RAIZ4) comunicou sobre os materiais adicionais que acompanham as informações trimestrais da companhia e a Minerva (BEEF3) aprovou a utilização de ações de emissão da companhia atualmente em tesouraria para a conversão em American Depositary Receipts.

Além disso, a Positivo (POSI3) revisou as perspectivas futuras da administração para os negócios, a Petrobras (PETR3; PETR4) recebeu ofício da CVM informando sobre pedido de interrupção do curso do prazo de antecedência da convocação da AGE e o fundo de liquidação financeira da gestora Jive Asset transferiu 7,3 milhões de ações da Viver (VIVR3). O Banco do Brasil (BBS3) aprovou a distribuição de dividendos, o Banrisul (BRSR6) revisou  suas projeções para os indicadores de performance de 2022 e o Alfa (BRIV4) pagará R$0,05 por ação ordinária.

A SulAmérica (SULA11) comunicou o pedido de aprovação prévia relativo à transferência de controle acionário, a OceanPact (OPCT3) revisou a estimativa de Ebitda da companhia e de suas projeções, a projeção empresarial para o ano de 2022 da Fras-le (FRAS3) é de receita líquida consolidada entre R$ 2,7 bilhões e R$ 3 bilhões e a Tecidos Santanense (CTSA3) informou sobre a deliberação da assembleia geral extraordinária.

GPA (PCAR3)

O GPA prestou esclarecimentos sobre notícia veiculada ontem (10) pelo O Estado de S. Paulo, após solicitação da Superintendência de Listagem e Supervisão de Emissores da B3. A matéria intitulada “GPA traça plano para a venda de Grupo Éxito em até dois anos”, afirma que está sendo traçado um plano para que a venda de rede de supermercados, com presença na Colômbia, Uruguai e Argentina, aconteça até 2024, quando termina o prazo para que a Rallye (holding do grupo francês Casino, que detém as duas marcas) pague credores com garantia, de acordo com seu plano de salvaguarda – espécie de recuperação judicial na França.

O jornal disse que o Éxito deve passar por um spin off e, na sequência, relistagem. Ainda acrescentou que “o problema para a execução desse plano é a volatilidade dos mercados acionários atualmente. Por isso, a expectativa de que sua execução leve dois anos. Ao ser separada do GPA, a ideia, evidentemente, é que o Éxito passe a valer mais do que sob a organização. ”

Em resposta, a GPA disse estar sempre avaliando projetos estratégicos para criação de valor aos seus acionistas e, por isso, estão sendo realizados estudos preliminares para segregação dos negócios de GPA e do Éxito, com o objetivo de destravar o valor de Éxito. De acordo com o comunicado, a efetiva implementação de qualquer transação objetivando a segregação de Éxito depende da conclusão desse estudos, bem como da obtenção das aprovações necessárias.

Telefônica Brasil (VIVT3)

O Vivo Ventures (VV), fundo de Corporate Venture Capital criado pela Telefônica Brasil (VIVT3) , celebrou um Convertible Note Agreement, contrato por meio do qual o VV se comprometeu a investir US$3 milhões na Credit Vista Technologies Limited. O investimento ocorrerá por meio da aquisição de notas promissórias conversíveis em participação acionária.

Atma (ATMP3)

A Atma apresentou os esclarecimentos sobre as oscilações no preço de suas ações entre 27 de julho e 9 de agosto, encaminhado à empresa pela Comissão de Valores Mobiliários. No dia 9, a ação saltou 18,51%*. (*informação coletada às 17h06)

Em resposta ao Ofício, a empresa afirmou não possuir conhecimento de qualquer fato, além dos já devidamente divulgados ao mercado, que possa justificar as variações atípicas.

Saraiva (SLED3; SLED4)

A Saraiva registrou petição informando a adesão de 89 credores das Recuperandas (sociedade controlada pela Siciliano em conjunto com a Saraiva) à opção de pagamento mediante conversão de seus créditos, os quais perfazem montante não reestruturado, ou seja, o montante antes da aplicação dos deságios e ajustes previstos no PRJ, de aproximadamente R$163 milhões.

Raízen (RAIZ4)

A Raízen informou que os materiais adicionais que acompanham as informações trimestrais da companhia, relatório e apresentação de resultados, passarão a ser divulgados de forma consolidada pela empresa a partir da divulgação das informações trimestrais relativas ao primeiro trimestre do ano safra 2022/23, prevista para serem divulgadas em 11 de agosto de 2022.

Minerva (BEEF3)

A Minerva aprovou a utilização de ações de emissão da companhia atualmente em tesouraria para a conversão em American Depositary Receipts, a serem destinadas a eventuais beneficiários não residentes no Brasil do primeiro plano de outorga do plano de ações matching.

Positivo (POSI3)

A Positivo revisou as perspectivas futuras da administração para os negócios da companhia no decorrer de 2022. A empresa ampliou a projeção de receita bruta da companhia para esse ano, que passa de R$ 5 bilhões a R$ 6 bilhões para R$ 5,5 bilhões a R$ 6,5 bilhões.

Petrobras (PETR3; PETR4)

A Petrobras recebeu ofício da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) informando sobre pedido de interrupção do curso do prazo de antecedência da convocação da assembleia geral extraordinária (AGE), agendada para 19 de agosto. O pedido foi formulado pela Associação Nacional dos Petroleiros Acionistas Minoritários da Petrobras (ANAPETRO).

Viver (VIVR3)

O fundo de liquidação financeira da gestora Jive Asset transferiu 7,3 milhões de ações da Viver de sua titularidade, resultando na alteração da participação do acionista na companhia, que passou de 25,73% para 20,58% do capital social total. A Jive Asset reforçou sua intenção de permanecer acionista da empresa com participação relevante e a continuar apoiando na continuidade de seus negócios.

Banco do Brasil (BBS3)

O Banco do Brasil (BB) aprovou a distribuição de aproximadamente R$ 571 milhões em dividendos e R$ 1,628 milhões sob a forma de juros sobre capital próprio, ambos relativos ao segundo trimestre de 2022.

Além disso, o BB revisou suas projeções para o ano de 2022. O lucro líquido ajustado passou de R$ 23 bilhões a R$ 26 bilhões para R$ 27 bilhões a R$ 30 bilhões.

Banrisul (BRSR6)

O Banrisul revisou  suas projeções para os indicadores de performance de 2022. A margem financeira passou 4,5% a 8,5% para 1% a 5% e despesa de provisão crédito sobre a carteira de crédito de 2% a 3% para 1,5% a 2,5%. A estimativa para carteira de crédito total foi mantida em 24% a 29%, assim como a rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio.

Alfa (BRIV4)

O Alfa pagará, aos acionistas que estiverem inscritos nos registros da sociedade em 15 de agosto de 2022, R$0,05 por ação ordinária e R$0,31 por ação preferencial, a título de juros sobre o capital próprio relativos ao primeiro semestre de 2022.

SulAmérica (SULA11)

A SulAmérica comunicou o pedido de aprovação prévia relativo à transferência do controle acionário de sociedades controladas pela SulAmérica para a Rede D’Or (RDOR3).

OceanPact (OPCT3)

A OceanPact revisou a estimativa de Ebitda da companhia e de suas projeções. A projeção do Ebitda revisado é de R$ 250 bilhões entre R$ 270 milhões, abaixo da anterior que era de R$ 300 milhões a R$ 340 milhões.

Fras-le (FRAS3)

A projeção empresarial para o ano de 2022 da Fras-le é de receita líquida consolidada entre R$ 2,7 bilhões e R$ 3 bilhões. A estimativa é que a receita do mercado externo seja entre US$ 190 e US$ 210 milhões e a margem do Ebitda entre 14% e 16%.

Tecidos Santanense (CTSA3)

A Tecidos Santanense informou que a assembleia geral extraordinária que deliberará sobre o grupamento das ações da companhia será realizada até o mês de outubro de 2022, sendo certo que o edital de convocação da assembleia trará todas as informações sobre as condições do grupamento a ser realizado.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?