Fed reduzirá compra de ativos em US$ 30 bilhões por mês a partir de janeiro; vê três altas de juros em 2022

Fed reduzirá compra de ativos em US$ 30 bilhões por mês a partir de janeiro; vê três altas de juros em 2022


O Federal Reserve (Fed), o banco central dos Estados Unidos, anunciou após reunião do seu comitê de política monetária (Fomc, na sigla em inglês) desta quarta-feira (15) que irá acelerar a redução do volume de compra de ativos, conhecido como tapering, em US$ 30 bilhões por mês, após ter dado o pontapé inicial para a diminuição da compra de ativos no último encontro.

Na reunião passada, no início de novembro, o Fed anunciou que iria começar a reduzir o seu programa de compras mensais de ativos da ordem de US$ 120 bilhões por mês, sendo US$ 80 bilhões em títulos do Tesouro (treasuries) e US$ 40 bilhões em títulos atrelados a hipotecas. A redução inicial foi de US$ 15 bilhões no total, sendo US$ 10 bilhões para Treasuries e US$ 5 bilhões para os títulos atrelados a hipotecas (MBS, na sigla em inglês).

Já a taxa de juros foi mantida entre 0% e 0,25% mas, depois que o programa de compra de títulos for encerrado, provavelmente em março, o BC americano deve começar a aumentar as taxas de juros.

As projeções divulgadas na quarta-feira indicam que as autoridades do Fed preveem até três aumentos nas taxas em 2022, mais duas em 2023 e mais duas em 2024.

Os movimentos do Federal Open Market Committee, aprovados por unanimidade, representam um ajuste substancial à política que tem sido a mais flexível em seus 108 anos de história.

O comunicado pós-reunião notou o impacto da inflação.

“Os desequilíbrios de oferta e demanda relacionados à pandemia e à reabertura da economia continuaram a contribuir para níveis elevados de inflação”, afirma o comunicado. O comunicado também observou que “os ganhos no mercado de trabalho têm sido sólidos nos últimos meses, e a taxa de desemprego diminuiu substancialmente. ”

A reunião desta quarta, por sinal, foi a primeira desde que Jerome Powell, chairman da autoridade monetária, afirmou que o aumento da inflação pode não ser temporário e que o banco central americano pode tomar medidas mais tempestivas, o que fez também o mercado esperar uma sinalização de aumento de taxas de juros no ano que vem.  Powell faz pronunciamento às 16h30 (horário de Brasília).

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?