Festa junina mais cara: inflação encarece alimentos; veja gráfico

Festa junina mais cara: inflação encarece alimentos; veja gráfico


Vai ter festa junina? Vai, sim sinhô. Mas ela vai custar mais caro. Bem mais caro.

O motivo é a alta dos preços de alimentos usados no preparo das receitas típicas como maçã do amor, vinho quente, pipoca com manteiga e cachorro-quente

Um estudo do Instituto Brasileiro de Economia (FGV – Ibre) mostrou que o preço médio dos ingredientes e insumos para os quitutes tradicionais aumentou 13,12% nos últimos 12 meses, enquanto a inflação ao consumidor subiu 10,08% no mesmo período.

O economista do instituto Matheus Peçanha explicou de onde veio parte do aumento: choques climáticos que afetaram quase todas as produções de hortifruti. Peçanha sugere “pesquisar preços, dar preferência a marcas menos conhecidas ou reunir um grupo maior e comprar no atacado para conseguir descontos maiores”.

E, quando for possível, substituir por outro produto.

Imaginamos como seria um abacaxi do amor. É que a fruta teve uma redução de 0,2% no seu preço no acumulado de 12 meses. Alguém se aventura a testar?

(Arte: Leonardo Albertino)

Este texto faz parte da newsletter IMpulso, a resenha semanal do que importa para o seu bolso e foi enviado aos assinantes em 16 de maio. Inscreva-se grátis para receber todas as quintas-feiras, às 6h da manhã, no seu melhor e-mail.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?