Fique de olho em Banco do Brasil [BBAS3], CCR [CCRO3], Raízen [RAIZ4] e outras

bolsa

Entre os destaques corporativos desta sexta-feira (09), o Banco do Brasil apresentou um lucro líquido ajustado recorde de R$ 35,6 bilhões no ano de 2023.

Banco do Brasil [BBAS3]

O Banco do Brasil apresentou um lucro líquido ajustado recorde de R$ 35,6 bilhões no ano de 2023, que representa um RSPL (retorno sobre patrimônio líquido) de 21,6% e um crescimento de 11,4% em relação a 2022.

O valor adicionado à sociedade alcançou R$ 86,10 bilhões no ano passado.

O índice de capital principal do BB encerrou o ano em 12,12%.

No quarto trimestre, o lucro líquido ajustado foi de R$ 9,4 bilhões, aumento de 7,5% na comparação com o trimestre anterior e de 4,8% em relação ao mesmo período de 2022.

CCR [CCRO3]

A CCR registrou um lucro líquido ajustado de R$ 553,8 milhões no quarto trimestre do ano passado, em reversão às perdas líquidas de R$ 217,10 milhões apurados em igual período de 2022.

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) avançou 20,10% na comparação a ano, a R$ 1,90 bilhão, com a margem EBITDA em 55,30%.

A receita líquida do grupo avançou 36,5% entre os meses de outubro a dezembro, para R$ 4,48 bilhões.

Multiplan [MULT3]

A Multiplan registrou um lucro líquido de R$ 302,6 milhões no quarto trimestre de 2023, um crescimento de 26,6% sobre o mesmo período de 2022.

Entre os meses de outubro e dezembro, o EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 393,0 milhões, um avanço de 4,90% sobre o número reportado em igual intervalo do ano passado.

Raízen [RAIZ4]

A Raízen registrou um lucro líquido de R$ 754,4 milhões no quarto trimestre do ano Safra 2023-2024, uma cifra 195% superior aos ganhos apurados em igual período de 2022.

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), em critério ajustado, soma R$ 3,92 bilhões, um crescimento de 32,5% na comparação com o reportado doze meses atrás.

A receita líquida somou R$ 58,4 bilhões no intervalo, uma retração de 3,10% na base de comparação anual.

Sanepar [SAPR11]

A Sanepar registrou um lucro líquido de R$ 364,90 milhões no quarto trimestre de 2023, um avanço de 4% em relação aos ganhos líquidos apurados em igual intervalo do ano anterior.

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 722,5 milhões, um crescimento de 18,4% na base de comparação anual.

A receita líquida atingiu R$ 1,690 bilhão, uma expansão de 15% sobre o apurado entre os meses de outubro a dezembro de 2022.

São Martinho [SMTO3]

A São Martinho registrou um lucro líquido de R$ 210,6 milhões no terceiro trimestre do ano Safra 2023-2024, uma retração de 51,0% em comparação ao registrado no mesmo período do ano anterior. No intervalo, houve o reconhecimento antecipado do precatório da Copersucar.

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), em critério ajustado, somou R$ 703,8 milhões, com margem EBITDA ajustado de 43,70%.

3R Petroleum [RRRP3]

A 3R Petroleum informou que sua acionista Maha Energy propôs ao seu conselho de administração uma convocação de assembleia-geral extraordinária (AGE).

Na ocasião, seriam discutidos:

– a destituição dos atuais membros do conselho de administração,
– se aprovada a matéria objeto do item “i” anterior, a fixação do número de membros do conselho de administração;
– a eleição de membros para o conselho de administração para mandato unificado de dois anos;
– a caracterização de, pelo menos, dois conselheiros eleitos como membros independentes do conselho de administração.

Ambev [ABEV3]

A Ambev comunicou aos seus acionistas e ao mercado em geral a contratação da Grant Thornton Auditores Independentes Ltda. para a prestação dos serviços de auditoria independente das demonstrações financeiras anuais e informações trimestrais da companhia para os exercícios de 2024, 2025 e 2026, no que se refere ao cumprimento da legislação e regulamentação brasileira, em substituição à PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes Ltda. (PwC).

Tal substituição visa a atender ao disposto no artigo 31 da Resolução CVM nº 23/21, que determina a rotatividade dos auditores independentes a cada cinco anos e contou com a anuência da PwC.

Americanas [AMER3]

Em relatório semanal de responsabilidade de seu administrador judicial, a Americanas informou contar com um número total de 32.666 colaboradores sob o regime CLTs, na data-base de 4 de fevereiro de 2024.

Para semana-base do relatório, houve um total de setecentos e quarenta e sete admissões.

A companhia registrou ainda vinte e seis términos de contratos temporários, duzentos e oitenta e nove pedidos de saída, setenta e um términos de contrato de experiência e duzentos e oito desligamentos involuntários.

B3 [B3SA3]

O conselho de administração da B3 elegeu, por unanimidade, e em linha com a recomendação do Comitê de Governança e Indicação, Ana Dolores Moura Carneiro de Novaes, conselheira independente e não vinculada, como membro do Comitê de Riscos e Financeiro, para cumprimento de mandato a partir da próxima sexta-feira, 9 de fevereiro, até a assembleia-geral ordinária (AGO) de 2025, unificado ao dos demais membros deste colegiado.

Banco Pine [PINE4]

O Banco Pine informou a data de 4 de abril de 2024 como o dia previsto para a realização de sua assembleia-geral ordinária e extraordinária (AGOE).

Maiores informações sobre a AGOE serão divulgadas oportunamente.

Copasa [CSMG3]

A BlackRock alienou ações ordinárias (ON) de Copasa. Suas participações, de forma agregada, passaram, em 5 de fevereiro de 2024, a ser de 18.950.793 ações ordinárias.

A quantidade representa aproximadamente 4,9830% do total de ações ordinárias de emissão da companhia e 2.504.532 instrumentos financeiros derivativos referenciados em ações ordinárias (ON) com liquidação financeira, equivalentes a aproximadamente 0,658% do total de ações ordinárias emitidas pela companhia.

Oi [OIBR3]

A Oi Fibra, unidade de negócios da Oi que contabiliza 4 milhões de clientes de banda larga da empresa, pode ser dividida, com o objetivo de facilitar sua venda, de acordo com fontes da Coluna do Broadcast, do jornal O Estado de S.Paulo.

Vale [VALE3]

A japonesa Mitsui, que detém 6,310% da Vale, e a holding Cosan defenderam a hipótese de uma prorrogação do contrato de Eduardo Bartolomeo como CEO da mineradora por cerca de um ano, informaram os repórteres Felipe Mendes e Ivo Ribeiro para o site InfoMoney.

O executivo já está à frente da empresa por quase três anos e seu mandato expira em maio

De acordo com a apuração, os representantes impuseram uma condição: que a posição seja assumida no futuro, ao fim desta prorrogação, por Luis Henrique Guimarães, que foi nomeado conselheiro em abril passado alguns meses após deixar a liderança do grupo Cosan.

Rumo [RAIL3]

A Rumo informou que sua assembleia-geral ordinária vai ocorrer no dia 24 de abril de 2024, com a apresentação da proposta da administração no dia 25 de março de 2024.

As orientações detalhadas sobre a referida ocasião serão oportunamente divulgadas pela companhia, nos prazos e termos da legislação e regulamentação aplicáveis.

Positivo [POSI3]

A Positivo vai celebrar um contrato de financiamento com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES. O contrato possui montante total de R$ 330.448.675,00, dividido em duas operações:

– R$ 258.385.993,00, no âmbito do Programa BNDES Mais Inovação; e
– R$ 72.062.682,00 no âmbito do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Comunicações – BNDES Funttel.

Esta parceria com o BNDES visa o suporte ao plano estratégico de diversificação de negócios e tem como foco a inovação em produtos, serviços e soluções, nos próximos dois anos, com destaque para a incorporação de recursos avançados de inteligência artificial e segurança cibernética em produtos e plataformas, e na modernização fabril para produção de novos dispositivos 5G.

Petrobras [PETR4]

A produção anual total de óleo e gás natural, de 2,782 MMboed, ficou 3,70% acima da produção registrada em 2022, informou a Petrobras nesta quinta-feira (8).

Os resultados foram atribuídos a entrada em operação dos FPSOs Almirante Barroso, Anna Nery e Anita Garibaldi, bem como do atingimento do topo de produção da P-71 e do FPSO Guanabara.

Outro fator que contribuiu para este resultado foi a entrada em produção de novos poços nas Bacias de Campos e Santos. A estatal registrou ainda um recorde anual na produção operada, com média de 3,87 MMboed, 6,2% acima do registrado em 2022.

Pague Menos [PGMN3]

A Pague Menos informou que Jadson Antônio Santos de Almeida renunciou ao cargo de diretor de Aplicações de Tecnologia.

Robledo de Andrade e Castro foi eleito para substituí-lo, com prazo de mandato até a primeira reunião do conselho de administração a ser realizada após a assembleia-geral ordinária (AGO) de 2025, de forma a completar o mandato do renunciante.

Com a eleição, Robledo de Andrade e Castro passa a acumular os cargos de diretor Vice-Presidente de Tecnologia da Informação e diretor de Aplicações de Tecnologia.

Itaúsa [ITSA4]

A Itaúsa alcançou novamente a classificação A- no CDP, nível mais alto concedido à Itaúsa pela instituição na categoria Mudanças Climáticas.

No CDP, a classificação A- obtida pela Itaúsa a coloca no seleto grupo de empresas globais reconhecidas pela liderança na transição para uma economia de baixo carbono.

O CDP se destaca por ser uma entidade internacional sem fins lucrativos que analisa e reconhece os esforços de empresas no mundo para gerir os impactos ambientais de suas atividades, ao qual a Itaúsa reporta suas práticas sobre mudanças climáticas desde 2011.

Grendene [GRND3]

A Grendene comunicou o fechamento da aquisição de participação acionária objeto de um contrato de compra e venda de ações.

A companhia celebrou um acordo de acionistas da Várzea SPE, com a companhia e a Várzea Holding como acionistas e a Várzea SPE como interveniente anuente, o qual vai vigorar por até noventa dias após o término da vigência do documento, prevista até 31 de dezembro de 2043.

Termos incluem eventuais renovações dos prazos do contrato de compra e venda de energia, ou qualquer outra data definida por escrito pelos acionistas, o que ocorrer por último.

JHSF [JHSF3]

Nesta sexta-feira, 9 de fevereiro, a JHSF efetua o pagamento de R$ 20,8 milhões em dividendos aos seus acionistas.

Os créditos compõem os proventos de R$ 250 milhões anunciados em dezembro pela companhia. O montante vai ser distribuído ao longo do ano de 2024, em doze parcelas.

O valor por ação (R$/ação) a ser pago pode sofrer alteração devido ao programa de recompra de ações vigente, além dos exercícios dos planos de opção de ação da companhia, que alteram o número atual de ações com direito a dividendos.

Cosan [CSAN3]

A Cosan alterou a data da assembleia-geral ordinária (AGO) de 2024 para o dia 30 de abril de 2024. Outras informações serão divulgadas conforme os prazos da legislação e regulamentação aplicáveis.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?