Fique de olho em Eletrobras [ELET3], JBS [JBSS3], Sequoia [SEQL3] e outras

bolsa

Entre os destaques corporativos desta quarta-feira (03), a Eletrobras concluiu a alienação do complexo termoelétrico de Candiota (350MW).

Direcional [DIRR3]

A Direcional vai pagar R$ 81.165.947,82 em dividendos nesta quarta-feira, 3 de janeiro de 2024, sem sujeição à atualização monetária ou juros. O montante equivale a R$ 0,470 por ação.

Fazem jus ao recebimento de dividendos os acionistas detentores de ações de emissão da companhia ao final do pregão do dia 5 de dezembro.

Taesa [TAEE11]

A Taesa vai pagar R$ 228.003.184,17 em dividendos intercalares, como deferido pelo conselho de administração e anunciado na última quarta-feira, 27 de dezembro.

O montante equivale a R$ 0,22061336000 por ação ordinária (ON) e por ação preferencial (PN) e a R$ 0,66184008000 por unit.

Equatorial [EQTL3]

Na última sexta-feira, 29 de dezembro, Karla Bertocco Trindade apresentou sua carta de renúncia aos cargos de membro do conselho de administração e de membro do Comitê de Regulação e Inovação e Comitê Operacional da Equatorial.

Neste momento, os cargos ficarão vagos e a administração vai tomar as providências necessárias para eleição de substituto, de acordo com a regulação aplicável e disposição estatutária da companhia.

JBS [JBSS3]

Na última terça-feira, 2 de janeiro, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) determinou o cancelamento da venda da Eldorado Brasil Celulose, controlada pela J&F Investimentos, holding que atua como dona da JBS, para a Paper Excellence por falta de autorização no Congresso Nacional e de outras autoridades competentes.

Por sua vez, a Eldorado Brasil Celulose disse que vai orientar seus acionistas sobre a decisão do órgão e que, caso ainda exista o interesse de ambas as partes em nova transação, vai solicitar ao instituto e às demais instâncias competentes solicitação prévia.

BTG Pactual [BPAC11]

O BTG Pactual vai pagar o valor líquido de R$ 0,042002802 por ação ordinária (ON) e por ação preferencial (PN) e de R$ 0,12600840 por unit em juros sobre o capital próprio (JCP).

Farão jus aos créditos investidores posicionados em base acionária ao fim da sessão desta quarta-feira, 3 de janeiro de 2024.

Marcopolo [POMO4]

Nesta quarta-feira, 3 de janeiro, a Marcopolo vai realizar o pagamento de juros sobre o capital próprio a razão de R$ 0,10 por ação representativa do capital social da companhia, juros esses a serem imputados ao dividendo obrigatório declarado antecipadamente, parte por conta do exercício deste ano e parte por conta de exercícios anteriores.

Do referido valor, vai ser retido o Imposto de Renda na Fonte, de acordo com a legislação em vigor.

Lojas Renner [LREN3]

A Schroder Investment Management Brasil reduziu sua participação na Lojas Renner a 4,9750%, e, com isso, passou a deter 47,924 milhões de ações ordinárias (ON) da varejista de modda.

Na última quinta-feira, 28 de dezembro, o grupo havia elevado a participação na empresa para 5,0270%.

Randon [RAPT4]

A BlackRock comunicou, em nome de alguns de seus clientes, na qualidade de administrador de investimentos, que adquiriu ações preferenciais emitidas pela Randon.

Em 28 de dezembro, suas participações, de forma agregada, passaram a ser de 10,648 milhões de ações preferenciais, representativas de aproximadamente 5,0030% do total de ações preferenciais de emissão da companhia e 3.994.915 instrumentos financeiros derivativos referenciados em ações preferenciais com liquidação financeira, representativos de aproximadamente 1,8770% do total de ações preferenciais emitidas pela companhia.

Sequoia [SEQL3]

Após anunciar que fechou acordo preliminar com a MOVE3 para criar gigante de entregas, a Sequoia viu uma alta estrondosa em suas ações.

Apesar de os detalhes financeiros da transação não terem sido fornecidos pela Sequoia, foi divulgado que a incorporação de MOVE3 vai fazer com que os acionistas dessa última – inclusive o fundo de investimento JGB e a gestora de ativos Newfoundland Capital – detenham uma participação societária “relevante” na futura companhia.

A fusão ainda requer aprovação final de ambas as partes bem como do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Eletrobras [ELET3]

Na última terça-feira, 2 de janeiro, a Eletrobras concluiu a alienação do complexo termoelétrico de Candiota (350MW), único ativo a carvão da companhia, para o grupo Âmbar Energia S.A..

A conclusão da transação foi mais um importante marco para a Eletrobras na busca pela redução das emissões de CO2 e em linha com a meta net zero em 2030, uma vez que Candiota representava cerca de um terço das emissões totais da companhia.

Energisa [ENGI11]

A Energisa agendou sua próxima assembleia-geral ordinária (AGO) para o dia 30 de abril de 2024. A companhia esclarece que oportunamente vai disponibilizar as demais informações relacionadas ao evento, nos termos da legislação aplicável.

Unifique [FIQE3]

Na última terça-feira, 2 de janeiro, a Unifique concluiu a aquisição de 100% (cem por cento) do capital social da Vex.

A aquisição deve ser ratificada pelos acionistas em assembleia-geral extraordinária (AGE) a ser oportunamente convocada, em vista o preço médio de cada ação adquirida da Vex acima de 1,5x (uma vez e meia) o valor do lucro líquido por ação de emissão da Vex.

Multi [MLAS3]

Juliane Lopes Chitolina Goulart renunciou ao seu cargo de diretora de Relações com Investidores (RI) na Multi, ex-Multilaser, por razões pessoais.

Eder da Silva Grande, diretor Financeiro da companhia, assume de maneira interina o cargo de diretor de Relações com Investidores (RI), em acúmulo ao seu atual cargo.

Viver [VIVR3]

A Viver informou, na última terça-feira, 2 de janeiro, que foi publicado no Diário Oficial da Cidade de São Paulo o Decreto Municipal Nº 63.066.

No documento, foi declarado de utilidade pública, para desapropriação, imóveis particulares situados no Distrito de Santo Amaro, Subprefeitura de Santo Amaro, necessários à implantação de parque municipal.

Banco do Brasil [BBAS3]

Nesta quarta-feira, 3 de janeiro, o Banco do Brasil convocou seus acionistas a participarem de sua assembleia-geral extraordinária (AGE), a ser realizada no dia 2 de fevereiro, a partir das 15:00, a ser realizada simultaneamente na sede da instituição financeira em Brasília (DF) e remotamente, por meio de sistema eletrônico.

Na ocasião, acionistas deliberarão sobre o desdobramento de ações representativas do capital social do Banco e a respectiva alteração do Estatuto Social da companhia.

Brisanet [BRIT3]

Em fato relevante encaminhado ao mercado na última terça-feira, 2 de janeiro, a Brisanet informou que vai descontinuar suas projeções operacionais (guidance) relativas à homes passed e homes connected.

Com isso, decidiu passar a divulgar projeções operacionais (guidance) da quantidade de municípios com cobertura móvel e suas respectivas populações cobertas.

Ao fim de novembro passado, a companhia atingiu 7,0 milhões de HPs. Quando considerado que um domicílio possui, em média, três habitantes, atingiu uma população de 21 milhões de habitantes com a infraestrutura de banda larga fixa FTTH (Fiber to the Home).

Petrobras [PETR4]

A Petrobras concluiu em novembro um processo de contratação de assessores financeiros para laudos e fairness opinions (opinião externa independente) para suas operações de fusões e aquisições, conforme apurou o colunista Lauro Jardim do O Globo.

No processo, a estatal selecionou a G5, Ernst & Young e Grand Thornton.

Itaú [ITUB4]

A Comerc e o Itaú Unibanco firmaram uma parceria para oferecer e distribuir serviços de migração do mercado cativo para o mercado livre de energia.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?