Fique de olho em Enauta [ENAT3], Vivara [VIVA3], Petrobras [PETR4] e outras

bolsa

Entre os destaques corporativos desta terça-feira (07), a Enauta registrou um lucro líquido de R$ 209,0 milhões no primeiro trimestre de 2024.

CBA [CBAV3]

A CBA registrou um prejuízo líquido de R$ 30 milhões no primeiro trimestre de 2024 e reverteu um lucro líquido apurado um ano antes.

O EBITDA ajustado somou R$ 146 milhões, alta de 74,00% em relação ao mesmo período do ano anterior.

CCR [CCRO3]

A CCR registrou um lucro líquido ajustado de R$ 449,0 milhões no primeiro trimestre de 2024, alta de 41,5% sobre igual período do ano anterior.

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado aumentou 4,6%, para R$ 2,06 bilhões.

Enauta [ENAT3]

A Enauta registrou um lucro líquido de R$ 209,0 milhões no primeiro trimestre de 2024, um salto de 77,00% sobre o resultado de igual período do ano anterior.

Já o EBITDA somou R$ 618 milhões, um crescimento de 81,2% na comparação anual, e a receita líquida aumentou 83,00%, para R$ 816 milhões.

Guararapes [GUAR3]

A Guararapes registrou um prejuízo líquido de R$ 117,0 milhões no primeiro trimestre de 2024, queda de 33,4% na base de comparação anual.

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 211,8 milhões, alta de 142,10% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Pague Menos [PGMN3]

A Pague Menos registrou um prejuízo líquido de R$ R$ 36,90 milhões no primeiro trimestre de 2024, redução de 41,2% na base de comparação anual.

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou R$ 96,90 milhões, alta de 77,50% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Rede D’Or [RDOR3]

A Rede D’Or registrou um lucro líquido de R$ 840,30 milhões no primeiro trimestre de 2024, alta de 176,6% na base de comparação anual.

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou R$ 2,18 bilhões, avanço de 35,00% em relação ao mesmo período do ano anterior.

TIM [TIMS3]

A Tim registrou um lucro líquido normalizado de R$ 519,0 milhões no primeiro trimestre de 2024, alta de 19,00% na base de comparação anual.

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) normalizado somou R$ 2,890 bilhões, crescimento de 10,70% em relação ao mesmo período de 2023.

Tegma [TGMA3]

A Tegma registrou um lucro líquido de R$ 37,5 milhões no primeiro trimestre de 2024, alta de 8,00% sobre o informado um ano atrás.

Vivara [VIVA3]

A Vivara registrou um lucro líquido de R$ 35,8 milhões no primeiro trimestre de 2024, queda de 7,2% na base de comparação anual.

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 80,10 milhões, estável em relação ao mesmo período de 2023.

Americanas [AMER3]

O comitê independente criado pelo conselho de administração de Americanas para apurar fraude contábil na empresa divulgou cronograma de conclusão das investigações, previstas para serem encerradas nos primeiros meses do segundo semestre deste ano.

CVC [CVCB3]

O conselho de administração elegeu Felipe Pinto Gomes como novo diretor financeiro e de RI da CVC, em substituição a José Carlos Wollenweber Filho.

Dexco [DXCO3]

A Dexco suspendeu temporariamente operações na unidade do município gaúcho de Taquari.

Iguatemi [IGTI11]

O Iguatemi aprovou a abertura de novo prazo, entre 10 de maio e 10 de junho, para conversão de ações ordinárias (ON) em preferenciais (PN), para formação de units.

Prio [PRIO3]

A produção de petróleo da Prio atingiu 92,8 mil barris de óleo equivalente por dia (BOEPD) em abril, avanço de 7,70% em relação a março, de acordo com dados preliminares e não auditados.

Petrobras [PETR4]

A Petrobras reiterou que não existe decisão a respeito de sua participação na Braskem e disse seguir com due dilligence na petroquímica para eventual exercício de tag along.

Além disso, a empresa anunciou uma doação de R$ 5,6 milhões para auxiliar vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul (RS).

WEG [WEGE3]

A WEG informou que vai dar continuidade ao planejamento para participar do mercado de geração eólica nos EUA, com sua fábrica de motores e geradores de alta tensão localizada em Mineápolis, no Minnesota, para também fabricar sua plataforma de aerogeradores.

PadTec [PDTC3]

A Padtec anunciou nesta terça-feira (7), que firmou uma parceria com a Arrcus, a fim de atingir novos segmentos do mercado de redes de comunicação.

A Arrcus é uma empresa dos Estados Unidos que atua como fornecedora de software para redes de grandes data centers (hyperscale) e, também, para a infraestrutura de redes de borda (edge network) e infraestrutura de roteamento e comutação multinuvem.

O acordo faz parte da estratégia da Padtec de ampliar seu portfólio de produtos e serviços, oferecendo uma solução fim-a-fim para redes de comunicação, além de expandir sua atuação para novos segmentos de mercado.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?