Fique de olho em Santander [SANB11], Vale [VALE3] e Petrobras [PETR4]

bolsa

Entre os destaques corporativos desta terça-feira (25), a Santander emitiu, pela primeira vez, um social bond (título de dívida com enfoque social) no mercado externo.

CCR [CCRO3]

A CCR informou que o Sistema Rodoviário Rio-SP vai realizar a segunda emissão de debêntures, no valor de R$ 9,4 bilhões.

MRV [MRVE3]

A MRV vai realizar a 26ª emissão de debêntures, no valor de R$ 150 milhões.

Multiplan [MULT3]

A acionista controladora da Multiplan, 1700480 Ontario (OTPP), anunciou, na última sexta-feira, 21 de junho, que deseja vender toda sua participação na Multiplan, que era de 18,52% do capital social.

A Multiplan Participações dispõe de um prazo de noventa dias para exercer seu direito de primeira oportunidade.

Petrobras [PETR4]

A Petrobras reiterou que o setor de fertilizantes possui alta demanda no país e importância estratégica por possibilitar a diversificação de negócios, a integração da cadeia do gás natural e o reforço da prática de descarbonização.

Santander [SANB11]

O Santander emitiu, pela primeira vez, um social bond (título de dívida com enfoque social) no mercado externo, e captou US$ 250 milhões (cerca de R$ 1,30 bilhão).

A International Finance Corporation (IFC) foi o investidor exclusivo da operação.

Vale [VALE3]

A Vale comunicou que ainda não foi notificada sobre a ação judicial movida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra a companhia, a BHP e a joint-venture Samarco, que busca R$ 3,6 bilhões em indenização por danos morais coletivos.

A mineradora afirmou que apresentará seus argumentos ao juízo competente oportunamente.

Segundo a Vale, a Fundação Renova conduz o processo de reparação dos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão em 2015. Isso foi possível após acordos com autoridades brasileiras.

EcoRodovias [ECOR3]

A EcoRodovias anunciou nesta terça-feira (25), que junto a sua controlada Eco101, foi assinado o Quinto Termo Aditivo ao Contrato de Concessão da BR-101/ES/BA, prorrogando por 180 dias a suspensão de condições e responsabilidades de serviços durante o período de relicitação.

A prorrogação visa concluir uma solução consensual em apreciação pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Se aprovada, um novo termo será realizado; caso contrário, o processo de relicitação continuará.

Pague Menos [PGMN3]

A Pague Menos anunciou, na última segunda-feira (24), que seu conselho de administração aprovou um novo programa de recompra de ações, com objetivo de adquirir até 18.035.247 ações.

Esse percentual equivale a 10% das 180.352.473 ações da companhia em circulação na data de aprovação.

A recompra terá duração de até 12 meses, encerrando-se em 24 de junho de 2025.

Fras-le [FRAS3]

As subsidiárias de Fras-le, Fras-le México e FNAI, contrataram a aquisição de um conjunto de ativos que compreende 100% das ações da sociedade Dacomsa, e, indiretamente por meio da companhia, ações das sociedades Kuo Motor e ações da Fritec, além de outros ativos tangíveis e intangíveis relacionados aos negócios das adquiridas.

As adquiridas fazem parte da divisão de aftermarket do Kuo Refacciones e são titulares das marcas MORESA, TF VICTOR e FRITEC, cujos produtos são distribuídos e comercializados pela Dacomsa.

Cogna [COGN3]

A Cogna Educação anunciou, na última segunda-feira (24), que seu conselho de administração aprovou um programa para recompra de até 44,2 milhões de ações ordinárias, representando 2,357% das ações em circulação.

O programa, com duração de 12 meses a partir de 17 de junho de 2024, visa atender ao exercício de opções de compra de ações, gerar valor para acionistas, maximizar retornos, manter ações em tesouraria, e realizar alienações conforme necessário.

Sanepar [SAPR11]

A agência de classificação de risco Fitch Ratings mantém o Rating Nacional de Longo Prazo da Sanepar e de suas emissões de debêntures em AAA (triplo A), com perspectiva estável.

A ação de rating considera a expectativa de que a Sanepar vai manter seu forte perfil financeiro, mesmo com a previsão de elevados investimentos.

“A geração operacional de caixa deve permanecer robusta, com margens de EBITDA acima da maioria dos principais pares da indústria”, diz o relatório.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?