Fundo imobiliário Vinci Offices (VINO11) compra sede da Globo em São Paulo por R$ 522 milhões

Fundo imobiliário Vinci Offices (VINO11) compra sede da Globo em São Paulo por R$ 522 milhões


O fundo imobiliário Vinci Offices (VINO11) informou após o fechamento do pregão de sexta-feira (17) que assinou, por meio de uma transação de sale & leaseback, a aquisição de 100% da sede da rede Globo de São Paulo, localizada no bairro do Brooklin, na capital paulista. O valor da transação foi de R$ 522 milhões, o que equivale a um preço de R$ 13.369 por metro quadrado.

Segundo a gestora, o imóvel foi locado pelo prazo de 15 anos por meio de um contrato atípico (com prazos mais longos do que o típico e sem revisionais até o prazo final), com valor de locação inicial de R$ 84,67/m², corrigido anualmente pela inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Uma operação de sale & leaseback é quando o atual proprietário de um imóvel o vende (sale) e, logo em seguida, ele é alugado de volta (leaseback). É como se fosse uma espécie de leasing, com a diferença que o locatário era o antigo proprietário.

A operação costuma ser positiva para os dois lados. Para a empresa locadora (no caso o FII), esta é especializada em investimentos e tem expertise na gestão financeira e para melhorar a presença do imóvel no mercado.

Já para a empresa vendedora (e então locatária), ela poderá focar no seu negócio principal em vez de se preocupar com questões burocráticas e de manutenção do imóvel. Além disso, terá um contrato de locação de longo prazo, com taxas mais interessantes do que financiamentos bancários, por exemplo.

Nessa transação em questão, a Vinci Partners estima um cap rate (rendimento sobre o capital investido) de 7,6%, considerando o preço da aquisição e o NOI (Receita Operacional Líquida, na sigla em inglês) de primeiro ano do ativo.

“A aquisição é extremamente estratégica para o fundo, elevando o percentual de contratos atípicos para 69%, gerando uma maior estabilidade e previsibilidade sobre as receitas, além de elevar a exposição regional à cidade de São Paulo para 71%”, escreve a Vince Partners, em fato relevante.

O imóvel possui cerca de 39 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL), 56 mil metros quadrados de área construída e se encontra em um terreno com mais de 43 mil metros quadrados.

O complexo é composto pela torre denominada Ed. Jornalista Roberto Marinho, três módulos de produção e uma área de apoio. O complexo conta ainda com duas portarias, dois helipontos e aproximadamente 1,5 mil vagas de estacionamento entre subsolos e estacionamento externo.

“A transação adiciona ao portfólio do VINO11 mais um ativo de qualidade, aumentando a exposição do fundo à São Paulo, maior mercado de escritórios do país, com contrato de locação atípico de 15 anos e um locatário de primeira linha pertencente a um forte grupo econômico, com excelente risco de crédito”, completa os gestores do FII.

A casa chama atenção ainda para a localização do imóvel, possuindo frente para a Avenida das Nações Unidas (Marginal Pinheiros), para a rua Jornalista Roberto Marinho e Avenida Dr. Chucri Zaidan, estando posicionado em um dos principais centros comerciais do mercado de escritórios da capital paulista.

Nesta segunda-feira (20), por volta das 11h25, os papéis VINO11 apresentavam queda de 0,94% na B3, negociados a R$ 54,72.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?