Fundos imobiliários acompanham mercado e fecham sessão em forte queda

Fundos imobiliários acompanham mercado e fecham sessão em forte queda

[ad_1]

O IFIX – índice dos fundos imobiliários mais negociados na Bolsa – fechou a sessão desta quarta-feira (5) em forte queda de 0,97%, aos 2.760 pontos. Foi a terceira queda consecutiva do indicador, que acumula perdas de 1,59% na semana.

O destaque do dia ficou para o General Shopping (FIGS11), com valorização de 1,74%. Na outra ponta, o Bresco Logística (BRCO11) registrou a maior queda, 5,25%. Confira os outros destaques:

Maiores altas desta quarta-feira (05):

TickerNomeSetorVariação (%)
FIGS11General ShoppingShoppings1,74
BTCR11BTG Pactual Credito ImobiliarioTítulos e Val. Mob.0,75
FIIB11Industrial do BrasilHíbrido0,66
URPR11Urca Prime RendaOutros0,54
RBRY11FII RBR PCRITítulos e Val. Mob.0,44

Maiores baixas desta quarta-feira (05):

TickerNomeSetorVariação (%)
BRCO11BRESCO LogísticaLogística-5,25
VILG11Vinci LogisticaLogística-3,96
AIEC11Autonomy EdifíciosLajes Corporativas-3,54
SADI11Santander Papeis ImobiliariosTítulos e Val. Mob.-3,51
MGFF11MOGNOTítulos e Val. Mob.-3,14

Fonte: B3

Reavaliação do patrimônio do Legatus; Fundos imobiliários de “tijolo” ou de “papel”?

Fundos imobiliários de “tijolo” ou de “papel”? Analista da XP dá dicas para não errar na escolha – seja qual for o tipo de FII

Os fundos imobiliários de “papel”, que investem em títulos de renda fixa, foram os mais rentáveis em 2021. Os fundos de “tijolo” são esperança de ganho de capital no futuro. Diante do cenário, qual a melhor escolha para 2022?

O assunto foi destaque da edição do Liga de FIIs desta terça-feira (4). Produzido pelo InfoMoney, o programa teve apresentação de Maria Fernanda Violatti, analista da XP, que deu dicas para não errar na escolha do fundo imobiliário, seja ele de “papel” ou de “tijolo”. Confira todas as dicas aqui.

Reavaliação do patrimônio do Legatus (LASC11) aponta aumento de quase 9%

O fundo Legatus Shoppings anunciou a realização da reavaliação anual dos imóveis e o laudo apontou acréscimo de 8,89% no valor contábil dos espaços.

Atualmente, o fundo tem participação nos complexos comerciais Boulevard Shopping Campos (RJ), Parque Shopping Belém (PA) e no Boulevard Shopping Vila Velha (ES).

De acordo com comunicado ao mercado, a diferença apontada pela reavaliação representa um aumento de R$ 23 milhões no patrimônio líquido do fundo.

Além da participação nos shopping centers, a carteira do Legatus é composta por cotas de outros FIIs e aplicações financeiras ligadas ao setor imobiliário.

Giro imobiliário: preço médio de imóveis residenciais tem maior alta anual desde 2014, aponta FipeZap

O Índice FipeZap, que acompanha o comportamento do preço médio de venda de imóveis residenciais em 50 cidades brasileiras, cresceu 5,29% em 2021. O percentual representa a maior alta desde 2014.

De acordo com o indicador, a elevação dos preços foi registrada em 47 municípios monitorados pelo estudo, mas na maioria a alta foi inferior à inflação do período.

As três cidades que encerraram o ano com recuo no valor de venda dos imóveis foram Santos (SP), Campinas (SP) e Niterói (RJ), com quedas que variam de 0,36% e 2,07%.

Com base na amostra de anúncios de imóveis residenciais para venda em dezembro de 2021, o Índice FipeZap aponta um preço médio de R$ 7,87 mil o metro quadrado no Brasil.

Em relação às cidades, São Paulo registrou no mês passado o metro quadrado mais caro do País: R$ 9,7 mil. Na sequência, aparecem o Rio de Janeiro, R$ 9,65 mil, e Balneário Camboriú, R$ 9,35 mil.

O menor preço médio de venda para imóveis residenciais é visto em Betim (MG): R$ 3,09 mil. A lista segue com São José dos Pinhais (PR), Pelotas (RS) e São Vicente (SP).

[ad_2]

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?