Ibovespa fecha em baixa, em cenário de aversão a risco

tablet-de-capital-arranha-ceus-tela-de-cambio

O Ibovespa fechou em baixa nesta sexta-feira (24), encerrando a semana no vermelho. O dia foi marcado por um baixo volume, o que reflete um menor apetite por risco do mercado.

A aversão a riscos pôde ser notada no VIX brasileiro, também conhecido como o índice do medo. Apesar de ter operado em queda nesse pregão, não foi capaz de se recuperar da alta de mais de 8% na semana.

Dentre as altas, o setor elétrico passou por um movimento de recuperação. A Minerva, por sua vez, subiu 2,18%, após o anúncio de que recorrerá ao governo paraguaio para destravar compra de unidades de plantas da Marfrig. A Azul foi destaque por conta do acordo de cooperação operacional com a Gol.

Do lado oposto, ações cíclicas foram penalizados pela alta dos juros.

Ainda no vermelho, blue chips marcaram presença. A Vale fechou estável após falas de Alexandre Silveira, ministro de Minas e Energia, sobre o acordo de reparação pelo desastre em Mariana, Minas Gerais. A Petrobras, por sua vez, foi penalizada pela volatilidade e menor liquidez por conta do feriado de segunda-feira nos Estados Unidos.

📊 Ibovespa 124.305,57 pontos (-0,34%)
💰 Volume R$ 16,8 bilhões
💵 Dólar R$ 5,1679 (+0,27%)

⬆️ Maiores altas do índice
🟢 AZUL4+5,18%
🟢 ENGI11+3,82%
🟢 CSNA3 +2,44%

⬇️ Maiores baixas do índice
🔴 MGLU3 -7,04%
🔴 PETZ3 -3,28%
🔴 SUZB3 -2,32%

(Com Broadcast)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?