Ibovespa Futuro cai cerca de 1% seguindo pessimismo no exterior com avanço da ômicron; votação do Orçamento no radar

Ibovespa Futuro cai cerca de 1% seguindo pessimismo no exterior com avanço da ômicron; votação do Orçamento no radar


SÃO PAULO – A semana, mais curta por conta do Natal, com as bolsas fechadas na sexta-feira (24), começa com queda para o Ibovespa Futuro, em linha com os principais mercados internacionais, em meio a preocupações mais elevadas sobre a variante ômicron, principalmente na Europa, mas também com sinais mais fortes de avanço nos EUA.

Às 9h05 (horário de Brasília), o contrato do Ibovespa com vencimento em fevereiro de 2022 tinha queda de 1,07%, a 107.305 pontos, enquanto o contrato de dólar com vencimento em janeiro subia 0,11%, a R$ 5,7195. Já o dólar comercial avançava 0,36% no mesmo horário, a R$ 5,704 na compra e R$ 5,705 na venda.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2023 caía um ponto-base a 11,74%; DI para janeiro de 2025 opera em alta de um ponto-base, a 10,76%; e o DI para janeiro de 2027 subia um ponto-base a 10,66%.

A agenda da semana é concentrada em dados nos EUA, inflação no Brasil medida pelo IPCA-15, assim como na redução de volume – e ritmo – dos ativos, com o fim do ano.

Enquanto isso, as preocupações sobre novas restrições impostas pela Ômicron e o revés para a agenda econômica do presidente Joe Biden, que levou o Goldman Sachs a cortar as previsões de crescimento dos EUA, estão no radar do mercado.

Os investidores avaliam os últimos comentários do senador Joe Manchin, que deixou os democratas com poucas alternativas para reavivar a agenda de Biden após rejeitar o pacote de impostos e despesas de US$ 1,75 trilhão.

“No geral, a notícia não apenas dificulta o panorama legislativo para Biden, mas implica também uma complicação adicional para um já complexo panorama eleitoral para os democratas nas eleições parlamentares de novembro, uma vez que o projeto era considerado a grande aposta eleitoral do partido”, avalia a equipe de análise da XP Investimentos.

Novos bloqueios em partes da Europa para conter a rápida disseminação da Ômicron também estão perturbando os investidores e pesando sobre o sentimento de risco.

A elevação de casos levou a Holanda a voltar aos bloqueios, enquanto o secretário de Saúde do Reino Unido, Sajid Javid, se recusou a descartar medidas mais fortes antes do Natal. Nos Estados Unidos, os bloqueios provavelmente não serão necessários, mas os hospitais podem estar sob pressão, disse o principal conselheiro médico de Biden, Anthony Fauci.

“A chegada do inverno, o qual promete forte intensidade e o período natural das gripes assusta os governos e pela velocidade de transmissão da nova variante, há o temor de congestionamento dos sistemas de saúde, ainda que a maior parte dos infectados não desenvolve sintomas sérios. Tal perspectiva mais restritiva de atividade econômica já começa tanto a frear a velocidade com que alguns países aceleram seus processos de aperto monetário, como já deflagrou alguns cortes de juros mundo afora”, destaca a equipe de análise da Infinity Asset.

Na China, os bancos anunciaram um corte em sua taxa básica de juros para empréstimos de um ano de 3,85% para 3,8% – o primeiro movimento desde abril de 2020. A maioria dos comerciantes e economistas em uma pesquisa da Reuters esperava cortes na taxa básica de juros. Os pedidos de flexibilização cresceram em meio a uma repressão do setor imobiliário que está pesando sobre a expansão econômica.

O petróleo registra queda de mais de 3% em Londres e Nova York, com temores sobre a pandemia afetar novamente a demanda energética.

Já alguns contratos do minério de ferro ampliaram os ganhos para o maior nível em dois meses em meio ao apoio de bancos chineses à economia e aumento da produção de siderúrgicas no fim do ano.

Em Singapura, os contratos futuros mostram o quinto avanço semanal, o período mais longo de valorização desde maio, com a perspectiva mais otimista para a demanda. Na segunda-feira, bancos chineses reduziram os juros pela primeira vez em 20 meses, na esteira da decisão da autoridade monetária no início do mês para reduzir a quantia que instituições financeiras devem manter nas reservas. A medida reflete a mudança de foco do governo chinês, antes no setor imobiliário e controle do coronavírus, para a recuperação da economia.

O minério de ferro chegou a subir 6,7%, para US$ 127,95 a tonelada, e era cotado a US$ 124,20 às 15h06 de Singapura, após um salto de 11% na semana passada. Os preços em Dalian fecharam em baixa de 0,4%. O vergalhão de aço e a bobina a quente também recuaram em Xangai.

Orçamento e Focus em destaque

Na agenda brasileira, a Comissão Mista do Orçamento (CMO) deve votar o relatório do deputado Hugo Leal (PSD-RJ) ao projeto de lei orçamentária do próximo ano (PLOA 2022) às 10h. Há sessão do Congresso convocada para as 14h (deputados) e 17h (senadores) para analisar a matéria.

O destaque na agenda do dia fica para o Relatório Focus, com as projeções de agentes de mercado para os principais indicadores da economia. Eles reduziram ligeiramente suas projeções para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2021.  De 10,05% na semana passada, agora a expectativa mediana para a inflação deste ano está em 10,04%. Para 2022 a previsão foi de 5,02% para 5,03%, uma ligeira elevação. O IPCA de 2023 caiu de 3,46% para 3,40%, enquanto o IPCA de 2024 caiu de 3,09% para 3,00%.

Já em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) as projeções foram reduzidas de expansão de 4,65% para 4,58% em 2021; para 2022, as projeções foram mantidas em 0,50%. As estimativas para o dólar subiram de R$ 5,59 para R$ 5,60 em 2021; e foram elevadas em R$ 5,55 em 2022 para R$ 5,57. Por fim, a projeção para a taxa básica de juros, Selic, para 2022 foi mantida em 11,5%. Para 2023, seguiu em 8%.

Na próxima quinta-feira (23), vale ressaltar, será divulgado o IPCA-15, referente a dezembro. O Bradesco acredita que o índice deve apresentar uma variação de 0,8%. O Itaú prevê uma alta mensal de 0,82%, levando a inflação para 10,47% no final do ano. Confira mais destaques para acompanhar na semana. 

Os investidores também seguem atentos para as movimentações tendo em vista as eleições de 2022.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, se encontraram publicamente na noite ontem (19), pela primeira vez desde que começaram a negociar uma aliança para disputar a eleição de 2022. Organizado pelo Prerrogativas, grupo de advogados “antilavajatistas”, o batizado “Jantar pela Democracia” reuniu em São Paulo cerca de 500 convidados, incluindo governadores e outras lideranças.

Apesar de não existir uma união formal, o encontro é carregado de simbologia. Governador de São Paulo quatro vezes pelo PSDB, Alckmin se desfiliou na última quarta-feira do partido e estuda convites de três legendas para traçar seu destino político.

Radar Corporativo

Eletrobras (ELET6;ELET3) 

A Eletrobras (ELET3) aprovou o Plano Diretor de Negócios e Gestão 2022-2026, que prevê investimento total de R$ 48,337 bilhões no período.

O plano contempla a capitalização da empresa, do Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI), que trata da modelagem da desestatização da Eletrobras.

Entre as metas para 2022, a empresa inclui expansão de geração 164 megawatts (MW) e de 193 quilômetros na expansão de transmissão. Além disso, também para o ano que vem, a empresa pretende ter receita oriunda de outros negócios de 3,47% em relação a receita recorrente.

Taesa (TAEE11)

A Taesa (TAEE11) sagrou-se vencedora na  disputa  pelo lote 1, referente  ao  Leilão  de  Transmissão  nº 02/2021 promovido nesta data pela Agência Nacional de Energia Elétrica, com RAP de R$ 129,9 milhões, deságio de 47,7%.

Neoenergia (NEOE3) 

A Neoenergia (NEOE3) arrematou o lote 4 do leilão de transmissão por uma Receita Anual Permitida (RAP) R$ 37,1 milhões.

Energisa (ENGI11)

A Energisa (ENGI11) arrematou lote 5 do leilão de transmissão com deságio de 48,68%, ao ofertar uma Receita Anual Permitida (RAP) de 11,3 milhões.

Isa Cteep (TRPL4) 

A Isa Cteep (TRPL4) distribuirá R$ 114,5 milhões em JCP, o que representa R$ 0,1738 por ação, com ex-direito em 23 de dezembro.

(Com Estadão, Bloomberg e Agência Brasil)

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?