Ibovespa mantém tendência e fecha em baixa nesta terça-feira

fecha

A manutenção da inflação em níveis elevados nos Estados Unidos aumentou a preocupação com o ritmo de aperto monetário pelo FED. No último encontro, a instituição adotou um tom brando, prevendo um ritmo de aumento gradual, em 0,5 ponto a cada reunião. Nos últimos dias contudo, o mercado começou a precificar o risco de aumentos de 0,75 ponto, derrubando as bolsas em todo o mundo, e levando o Ibovespa ao oitavo pregão consecutivo de queda. Por um lado, o FED teme que um aperto monetário mais rígido tenha efeitos negativos no ritmo de crescimento do país, por outro, é cada vez mais prevalente no mercado a tese de que o Banco Central americano demorou para agir, e que aumentos mais fortes nos juros serão necessários para conter a inflação no país. O aumento na incerteza derruba ativos de risco em todo o mundo, e mantém o nosso índice negativo no ano.

Ibovespa 102.063,25 pontos (-0,52%)
Volume R$ 26,5 bilhões
Dólar R$ 5,1343 (+0,38%)

O dólar fechou em alta. O aumento nas preocupações com o tom que o FED vai adotar amanhã traz cautela aos mercados e amplia a busca pela proteção e liquidez da divisa americana.

O destaque do dia ficou com a ELET3 após o fim do controle estatal da companhia. Outras ações do setor acompanharam as altas, com CMIG3 e CPFE3 completando as três maiores altas do dia.

Maiores Altas do Ibovespa

ELET3   +3,73%
CMIG3    +3,20%
CPFE3    +3,15%

Maiores Baixas do Ibovespa

CVCB3   -6,70%
BRFS3   -5,32%
MGLU3   -4,87%

 

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?