Ibovespa tenta alcançar NY e mira nos 130 mil pontos

Meio de pregão

O Ibovespa opera em alta nesta terça-feira (07). Sinais de que a ajuda financeira ao Rio Grande do Sul será estruturada de forma a permitir mais controle dos gastos e menos exceções às regras fiscais removeram parte da preocupação com o aumento das despesas públicas. O índice também é apoiado pelo noticiário corporativo, favorável à Vale [VALE3] e algumas empresas que publicaram balanços, como a Rede d’Or [RDOR3].

No cenário corporativo, as ações da Rede D’Or [RDOR3] têm alta de quase 9%, após a empresa reportar lucro líquido de R$ 840,3 milhões no primeiro trimestre de 2024, alta de 176,6% na base de comparação anual, surpreendendo positivamente casas como Bradesco BBI, Citi e XP.

Simultaneamente, os papéis da WEG [WEGE3] avançam. A companhia informou que vai dar continuidade ao planejamento para participar do mercado de geração eólica nos EUA, com sua fábrica de motores e geradores de alta tensão localizada em Mineápolis, no Minnesota, para também fabricar sua plataforma de aerogeradores.

No setor dos bancos, os ativos Banco do Brasil [BBAS3], Bradesco [BBDC3;BBDC4] e Itaú [ITUB4] sobem. O destaque fica para o Itaú, após registrar lucro recorrente de R$ 9,7 bilhões no primeiro trimestre, alta de 16% ano a ano. Além disso, a taxa de inadimplência do banco ficou em 2,7%, abaixo da estimativa.

Por outro lado, as ações da Suzano [SUZB3] registra a principal queda do Ibovespa, descendo cerca de 10%, depois da divulgação da notícia de que a companhia prepara uma oferta de US$ 15 bilhões pela International Paper (IP).

Os papéis da Embraer [EMBR3] também recuam, penalizados pela leitura positiva da prévia operacional do 1T24. De acordo com o Citi, os resultados do 1T24 da Embraer, que diminuiu seu prejuízo em 86% em um ano, foram considerados modestamente positivos, com os resultados operacionais e de lucros significativamente melhores na comparação anual.

Fora do Ibovespa, os ativos da Guararapes [GUAR3] disparam mais de 6%. Os agentes avaliam os números da empresa no 1T24. O Ebitda da empresa no trimestre, de R$ 211,8 milhões, superou a expectativa do Santander em 53%.  

Por fim, as ações da Companhia Brasileira de Alumínio [CBAV3] também avançam, mesmo após reportar prejuízo no 1T24. A CBA registrou prejuízo líquido de R$ 30 milhões no primeiro trimestre de 2024, o que representa uma reversão sobre o lucro registrado durante o mesmo período do ano anterior, no valor de R$ 89 milhões.

No entanto, as perdas são menores quando o resultado é comparado com o intervalo dos três últimos meses de 2023, época em que a empresa apurou prejuízo de R$ 586 milhões.

🇧🇷 Ibovespa +0,71% (129.382 pontos)

💵 Dólar -0,21% (R$ 5,06)

Commodities

Os contratos futuros do petróleo operam em alta, com operadores atentos aos desdobramentos do conflito entre Israel e o grupo extremista Hamas.

Na bolsa de Cingapura, o minério de ferro de referência de junho caiu quase 1%.

🛢 Brent/Julho +0,20% (US$ 83,50)

🛢 WTI/Junho +0,36% (US$ 78,76)

🇸🇬 Minério de ferro -0,98% (US$ 118,45)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?