Meio de Pregão: commodities dão fôlego ao Ibovespa; PMI dos EUA decepciona e enfraquece dólar

marga-santoso-OmPqCwX422Y-unsplash (1)

O Ibovespa opera em alta nesta sexta-feira (22). O índice testou queda e chegou aos 98 mil pontos alinhado à piora das bolsas americanas, mas logo retornou o viés positivo, com a alta do setor de metais e do petróleo.

A aceleração de ações ligadas a commodities na B3 e de alguns índices das bolsas americanas dá vigor ao Ibovespa, que renova máxima e busca retomar 100 mil pontos. Expandindo os ganhos da última sessão, os papéis da Vale (VALE3) sobem 2,45% refletindo o avanço de 5% no preço do minério de ferro em Qingdao.

Em Nova York, os mercados voltam a testar alta, ao passo que as ações da Petrobras (PETR3; PETR4) aceleram ganhos, à medida que o petróleo tenta firmar-se em valorização, após quedas recentes.

“Os mercados estão com desempenho misto, com altas e quedas pequenas. Porém, o PMI força um pouco mais [recuo]”, avalia o economista e consultor de Finanças Álvaro Bandeira.

O dólar registra queda após o PMI dos EUA abaixo do esperado. Dados preliminares do índice de gerentes de compras indicaram contração da economia americana, surpreendendo estimativas mais otimistas do mercado quanto ao ritmo da economia local e gerando instabilidade na bolsa e enfraquecimento da moeda.

Rússia e Ucrânia assinaram hoje (22) um acordo que retoma as exportações de grãos no Mar Negro, aumentando as expectativas de oferta alimentar e potencial redução inflacionária. Esta é a primeira negociação dos países desde o início da guerra.

🇧🇷 Ibovespa +0,34% (99.367)

💵 Dólar -0,79% (R$ 5,45)

Cotações registradas às 12h40

Commodities

petróleo opera em alta devido a uma perspectiva de demanda global enfraquecida e à retomada de parte da produção de petróleo bruto da Líbia. Além disso, os investidores têm em mente a decisão da taxa de juros do Federal Reserve (Fed). Autoridades do Fed indicaram que o banco central provavelmente aumentaria as taxas em 0,75 p.p. em sua reunião na próxima semana (26 a 27 de julho).

minério de ferro fechou em alta, revertendo as perdas da semana passada. O movimento reflete a queda dos estoques de aço na China e a expectativa de que a demanda seja impulsionada pela necessidade de reabastecimento. Além disso, analistas do mercado projetam que os preços da matéria-prima devem seguir pressionados no segundo semestre devido à demanda fraca.

🛢 Brent +1,30% (US$ 105,21)

🛢WTI +1,11% (US$ 97,42)

🇨🇳 Minério de ferro +5,37% (US$ 101,90)

Cotações registradas às 12h40; minério de ferro referente a Qingdao

 

(Com Agência Estado)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Related Posts

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE