Meio de Pregão: Ibovespa é puxado por commodities e alívio no temor da recessão pesa no dólar

jinyun-xBuu23uxarU-unsplash (1)

O Ibovespa opera no azul, puxado pelo apetite por risco do exterior e pelas commodities. O índice ainda repercute o aceno do Banco Central para o fim do ciclo de aumento dos juros e consolida seu quinto pregão consecutivo de alta, renovando máxima de 108.209,81.

Na ponta positiva, o Magazine Luiza (MGLU3) puxa a lista com alta de 6,65%, seguida da Petz (PETZ3) e da Hapvida (HAPV3), com valorização de 5,95% e 5,58%, respectivamente.

O dólar segue em queda firme, em meio à continuidade de ingresso de fluxo investidor estrangeiro no mercado local e algumas vendas de moeda por exportadores, que refletem o alívio no temor de recessão, após o forte relatório de empregos dos Estados Unidos em julho.

Elson Gusmão, analista de câmbio da corretora Ourominas, afirma que o mercado de câmbio opera alinhado à queda do dólar no exterior em dia de agenda mais fraca e com investidores à espera da ata do Copom e do IPCA de julho, que saem amanhã (09), e do CPI dos EUA, na quarta (10).

“O mercado local vai procurar na ata do Copom algum sinal mais claro se o BC poderá estender ou não o aperto de juros além de setembro, para quando é esperado ajuste residual de 25 pontos-base [0,25 p. p.] na Selic, a 14% ao ano”, afirma.

🇧🇷 Ibovespa +1,38% (107.940)

💵 Dólar -0,74% (R$ 5,12)

Cotações registradas às 13h

 

Commodities

petróleo se recupera em dia marcado por volatilidade. A commodity chegou a reverter os ganhos da madrugada, enquanto investidores digeriam números mistos da balança comercial da China, com exportações acima das expectativas e importações abaixo do esperado, mas voltou a operar em alta favorecido pela desvalorização do dólar.

minério de ferro encerrou em alta. A recuperação ocorre na medida em que as margens das siderúrgicas na China melhoram, o que tem estimulado a retomada gradual da atividade dos altos-fornos ociosos. As expectativas de que os cortes na produção de aço na China para cumprir metas de descarbonização sejam menos árduos no segundo semestre do ano também apoiam os preços do minério de ferro.

Em meio á melhora do minério, as ações da Vale (VALE3) apresentaram valorização e chegaram a avançar 1,21%, mas arrefeceram e operam em alta de 0,38%. Outras empresas do setor também tiveram seus papéis operando positivos, como CSN Mineração (CMIN3), Gerdau (GGBR4), Gerdau Metalúrgica (GOAU4), CSN (CSNA3) e Usiminas (USIM5).

🛢 Brent +1,10 (US$ 95,96)

🛢 WTI +1,04% (US$ 89,94)

🇨🇳 Minério de ferro +2,78% (US$ 110,88)

Cotações registradas às 13h; minério de ferro referente a Qingdao

 

(Com Reuters e Agência Estado)

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?