Petrobras (PETR3; PETR4) lidera baixas do Ibovespa; minério cai abaixo de US$ 100 pela primeira vez em 5 semanas

WhatsApp Image 2022-08-30 at 13.00.05

O Ibovespa registra queda e vem renovando sucessivas mínimas nesta terça-feira (30). As ordens de venda são mais expressivas nas ações de commodities, como Petrobras (PETR3; PETR4) que disputa a liderança das maiores baixas do índice. Durante a manhã, o Itaú BBA rebaixou recomendação da empresa.

Ontem (29), a Petrobras ergueu o Ibovespa com ganhos na casa dos 2%, contagiando papéis de outros segmentos econômicos importantes, como o financeiro.

Hoje, acompanhando a estatal, Gol (GOLL4) e IRB (IRBR3) também estão entre as mais desvalorizadas. Além disso, Vale (VALE3) e algumas siderúrgicas operam em território negativo.

Nos Estados Unidos, o índice de confiança do consumidor ficou acima das estimativas dos analistas em julho, e subiu a 11,239 milhões em julho e a abertura de postos de trabalho (Jolts) ficou quase um milhão acima do esperado no mesmo mês. Os dois dados reforçaram a cautela do investidor ao sinalizar fôlego da economia americana e risco de inflação. 

O dólar opera em alta, e renovou máxima a R$ 5,0734 no mercado à vista. O ajuste ocorre em meio à segunda coleta de taxas nas mesas de operação pelo Banco Central para a formação da Ptax diária. 

Uma parcela do mercado recompõe posições cambiais, para apuração de lucros, após dados dos EUA positivos e de a divisa americana cair ontem a R$ 5,03, ampliando perdas em agosto e no ano.

🇧🇷 Ibovespa -1,11% (111.078)

💵 Dólar +0,71% (R$ 5,06)

Cotações registradas às 12h50

 

Commodities

O petróleo opera em queda firme, devido a temores de que um enfraquecimento das economias globais induzido pela inflação abrandaria a demanda por combustível e que a agitação no Iraque não afetou as exportações de petróleo da Opep.

A inflação está perto do território de dois dígitos em muitas das maiores economias do mundo. Isso pode levar os bancos centrais dos Estados Unidos e da Europa a recorrerem a aumentos mais agressivos nas taxas de juros, desacelerando o crescimento econômico e pesando sobre a demanda por combustível. 

“Agora, os investidores estão aguardando os dados mensais de emprego na sexta-feira”, disse Kunal Sawhney, executivo-chefe do pesquisador de ações Kalkine Group. 

O minério de ferro encerrou em queda. É a primeira vez em cinco semanas que a commodity cai abaixo de US$ 100. Operadores explicam que os temores de recessão global e novas restrições na China devido a casos de Covid-19 pesaram no setor.

🛢 Brent -5,04% (US$ 97,74)

🛢 WTI -5,54% (US$ 91,64)

🇨🇳 Minério de ferro -5,01% (US$ 98,77)

Cotações registradas às 12h50; minério de ferro referente a Dalian
 

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE

Assine o TradeNews Express!

PUBLICIDADE

A Newsletter mais completa do mercado está de cara nova!

Preencha o formulário e cadastre-se para receber todos os dias.

Saiba os meses que as empresas devem pagar proventos em 2024 e monte sua carteira vencedora

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?