Microsoft aposenta Internet Explorer aos 27 anos

Microsoft aposenta Internet Explorer aos 27 anos


A Microsoft anunciou que vai descontinuar o suporte ao Internet Explorer (IE), a partir desta quarta-feira (15). A decisão representa o fim de uma era ao principal navegador dos anos 2000.

O fim do IE já era esperado desde o ano passado, quando a gigante de tecnologia afirmou que o navegador não se encaixava mais na realidade dos novos produtos da companhia.

“Não dá para agradecer o apoio de todos pelo Internet Explorer ao longo dos anos. Muitas pessoas e empresas ao redor do mundo dependeram do IE para ajudá-los a aprender, crescer e conduzir negócios online”, disse a companhia em seu blog oficial.

Sem o IE, a empresa passa a se dedicar ao Edge, navegador nativo do Windows 10 e 11 criado em 2015.

A Microsoft explicou que o “Edge não só é um navegador mais rápido, seguro e moderno que o Internet Explorer”. Segundo a empresa, o novo navagedor também é capaz de lidar com uma preocupação importante: “a compatibilidade com aplicativos e sites antigos”.

O Edge possui mecanismos mais sofisticados de proteção contra crimes cibernéticos e é baseado no mecanismo Chromium, navegador web de código aberto desenvolvido pelo Google, integrando o navegador da Microsoft com os padrões globais da internet.

O IE foi lançado oficialmente em agosto de 1995, junto ao sistema operacional Windows 95. Perdeu hegemonia no mercado com a chegada de outros produtos, como o Google Chrome, mas permaneceu na memória afetiva dos internautas.

A última versão do software é o Internet Explorer 11, lançado em 2013, cuja última atualização ocorreu em novembro de 2020.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?