Netflix demite mais 300 funcionários para amortecer debandada de assinantes e queda de receita

Netflix demite mais 300 funcionários para amortecer debandada de assinantes e queda de receita


No momento em que busca reequilibrar os gastos diante de um crescimento de assinantes abaixo do esperado, a Netflix resolveu implementar mais uma agenda de cortes de funcionários.

Segundo a Bloomberg, a partir de notícia publicada primeiro na Variety, a gigante do streaming demitiu pelo menos 300 colaboradores, de diferentes departamentos da empresa.

Os mais afetados foram os que estão baseados nos Estados Unidos. A nova rodada de cortes é duas vezes maior do que a registrada em maio.

Executivos da Netflix disseram, internamente, que os investimentos não pararam de acontecer, mas, que o momento inspira cuidados para que os custos não ultrapassem a receita gerada pela companhia.

Cerca de 200 mil assinantes abandonaram a plataforma no primeiro trimestre deste ano, o que chacoalhou o modelo de negócio fincado em assinatura. As ações da empresa caíram e, junto a elas, a moral dos funcionários.

Analistas de mercado dizem que a queda de assinantes foi provocada, em parte, pelo aumento do preço dos pacotes, reajustado em janeiro. Somado a isso, os concorrentes, como Amazon e Disney, estão registrando bons desempenhos com crescimento, inclusive, de assinaturas.

Perda de assinantes

Devido a uma série de fatores, que envolvem a guerra entre Rússia e Ucrânia e o aumento da concorrência, a previsão de investidores é de que a empresa continue a perder assinantes.

A estimativa é de uma redução de 2 milhões de clientes no segundo trimestre. O resultado decepcionante e a perspectiva futura mais difícil fez com que a companhia perdesse mais de US$ 50 bilhões de valor de mercado.

Compartilhe em suas redes!

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
PUBLICIDADE

Matérias Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Receba o TradeNews no seu e-mail

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?